Novo Presidente da EPE é funcionário de carreira da empresa

0

Atual diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o engenheiro Thiago Vasconcelos Barral foi nomeado para presidir a empresa, que é responsável pelo planejamento energético do país. A nomeação publicada ontem (04) no Diário Oficial da União.

Natural do Rio de Janeiro, Barral tem 35 anos, é bacharel em Engenharia Civil pela Universidade de Juiz de Fora e Mestre em Recursos Hídricos e Meio Ambiente pela Universidade do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ). Tem pós-graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Primeiro presidente a ter ingressado na empresa por concurso público, Barral é funcionário de carreira da EPE, onde ingressou em 2007 como Analista de Pesquisa Energética. Foi Superintendente Adjunto, Superintendente de Projetos de Geração e, há um ano, vem atuando como Diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais.

Grupo do CenárioMT no WhatsApp 

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  ENTRAR NO GRUPO

Barral também tem trabalhado na realização de diversos estudos técnicos para subsidiar a formulação e implementação de políticas energéticas pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

Trajetória

Desde que ingressou na EPE, Thiago Barral exerceu diversas funções. Foi responsável, principalmente, pela realização de estudos de mercado e demanda de energia, geração distribuída, eficiência energética, estudos ambientais de usinas hidrelétricas e linhas de transmissão, metas de redução de emissões do setor energético, gestão de bases georreferenciadas, estudos energéticos e tecnológicos de longo prazo.

  Audiência debate mais recursos para combate ao trabalho escravo

Anteriormente, assumiu a Superintendência de Projetos de Geração na coordenação do processo de habilitação técnica e cálculo dos preços-teto nos leilões de energia, no planejamento do suprimento aos sistemas isolados, no desenvolvimento estudos de inventário e de viabilidade técnico-econômica de usinas hidrelétricas.

Nesta mesma Superintendência, exerceu o cargo de Superintendente Adjunto de Setembro de 2013 a Setembro de 2016.

Edição: Sabrina Craide