“Rei dos clássicos”, Carille encerra jejum do Corinthians contra rivais que durava desde a saída dele

Técnico do Timão tem 71,6% de aproveitamento em clássicos, 87,5% contra o Palmeiras

0

A vitória do Corinthians sobre o Palmeiras, neste sábado, por 1 a 0, na arena do rival, pelo Paulistão, pôs fim a um jejum de cinco jogos sem ganhar de rivais, e reforçou a fama de “rei dos clássicos” do técnico Fábio Carille.

Desde que Carille trocou o Corinthians pelo Al-Wehda, da Arábia Saudita, em meio de 2018, a equipe não havia vencido nenhum clássico. Neste período, foram cinco jogos, com dois empates e três derrotas, sob comando de Osmar Loss e Jair Ventura.

Carille tem ótimo retrospecto em clássicos. O técnico dirigiu o Timão 20 vezes contra rivais, com 13 vitórias, quatro empates e três derrotas, aproveitamento de 71,6%.

+ Leia mais notícias do Corinthians

Contra o Palmeiras, o desempenho é ainda melhor: sete vitórias e uma derrota (87,5%).

Depois do triunfo na arena alviverde, os jogadores do Timão destacaram a importância do resultado para a sequência na temporada:

– A gente vinha de derrota em casa, viemos jogar contra o Palmeiras, atual campeão brasileiro, equipe qualificada, uma vitória na casa deles dá muita moral. Podemos tirar muita coisa daqui, dá para crescer. No decorrer dos jogos vamos ganhar mais ritmo, mais corpo, mas a gente sai muito satisfeito pelo desempenho, pela entrega e pela vitória – afirmou o goleiro Cássio.

O próximo clássico do Corinthians será no dia 17 deste mês, contra o São Paulo, em Itaquera.