Suspeitos de matar subtenente no Pará são presos em Lucas do Rio Verde

Os suspeitos estavam escondidos no bairro Téssele Jr.

0
Delegado Daniel Nery fala sobre prisão de suspeitos de homicídio no Pará

Investigadores da Policia Civil de Lucas do Rio Verde-MT, cumpriram no final da tarde dessa sexta-feira (01) mandado de prisão expedido pela comarca de Belém do Pará. Dois homens foram encaminhados para a delegacia judiciária civil.

De acordo com o delegado titular Daniel Nery, os homens são suspeitos de praticarem homicídio contra um subtenente da Pm, no estado do Pará.


“Hoje pela manhã o núcleo de inteligência da policia judiciária civil entrou em contato comigo e me passou que a policia lá do Pará pediu ajuda para a polícia do Mato Grosso pra prender esses dois suspeitos”, comentou.

Investigações realizadas pela delegacia homicídios e proteção a pessoa – DHPP – fez levantamento sobre o paradeiro dos suspeitos. As informações levantadas davam conta de que os investigados estariam no município mato-grossense. Ainda de acordo com Nery, os homens teriam cometido vários outros crimes no Estado paraense.

O crime contra o Subtenente PMPA Elias Brasil da Silva, aconteceu no dia 21 de Abril de 2018. O PM foi morto após ser alvejado por vários disparos de arma de fogo. Na ação criminosa o Cb. PMPA João Rômulo dos Santos Marques, Marivaldo Chaves da Rosa e Eliezer da Costa Gonçalves, foram feridos pelos disparos de arma de fogo, porém sobreviveram ao atentado.

  50 Famílias poderão ser beneficiadas com crédito fundiário em Lucas do Rio Verde

Os suspeitos que estavam foragidos, foram detidos em uma residência no bairro Téssele Jr. De acordo com o investigador Wlademir Mesquita, foi montada uma força tarefa conjunta entre Policia Civil e Militar, onde uma campana foi montada nas proximidades da casa onde estavam.

Ao perceberem a presença policial, os suspeitos tentaram reagir à prisão, mas sem sucesso.

“Tratam-se de pessoas extremamente perigosas que estavam refugiados em Lucas do Rio Verde”, finalizou o delegado. Os homens, na semana passada chegaram a ser abordados, quando estavam circulando em atitude suspeita nas ruas do município.


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui