Assistência Social de Lucas do Rio Verde realiza mais de 19 mil atendimentos em 2018

A secretária de Assistência Social apresentou os serviços realizados em 2018 pelas unidades da secretaria, como Cras e Creas

0

Nesta quinta-feira (31), a secretária municipal de Assistência Social, Lucileide Gurka, em entrevista coletiva com a imprensa local realizou a apresentação das ações realizadas em 2018 e dos projetos planejados para 2019.

A secretária iniciou o bate-papo destacando que 2018 foi um ano de muitas conquistas. “Fortalecemos nossas equipes, ampliamos nosso quadro e contamos com profissionais empenhados no atendimento à população”.


Lucileide relatou que no último ano foram realizados 19.489 atendimentos em todos os serviços da Assistência Social, como Cras, Creas, CadÚnico, Bolsa Família e Conselho Tutelar.

No Centro de Referência de Assistência Social (Cras) foram mais de 5 mil atendimentos. Lucileide explicou que o Cras é uma unidade de proteção social básica, que tem por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais.

Atualmente, o município possui 5.744 famílias inscritas no Cadastro Único e 2.153 no Bolsa Família.

No Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) foram realizados 3.810 atendimentos. O Creas é uma unidade pública da política de Assistência Social onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados (abuso sexual e violência doméstica). O local também atende e faz o acompanhamento dos jovens em cumprimento de Medida Socioeducativa.

Em 2018, foram efetuadas 819 abordagens sociais a população em situação de rua e 211 famílias foram acompanhadas pelo Creas.

Outro serviço da Assistência Social é a Casa Lar. A secretária ressaltou que em 2018 a Casa Lar foi transferida para uma nova estrutura física, mais adequada para o atendimento das crianças e adolescentes institucionalizados. “A Casa Lar está completamente estruturada, voltou para o prédio próprio que foi construído para este atendimento. Além disso, a equipe técnica é completa, com psicólogo, assistente social, cuidadoras, coordenadora, cozinheira, é realmente uma casa, para que a criança se sinta menos invadida no direito dela”.

O Conselho Tutelar, também vinculado à secretaria, conta atualmente com cinco conselheiros eleitos e no último ano foram feitos 4.743 atendimentos. A secretária também destacou que em 2018, “em gestão com o Conselho da Criança e do Adolescente do Estado de Mato Grosso, conseguimos trazer um carro novo para o Conselho Tutelar”.

  Morre Marli Held, ex-vereadora de Lucas do Rio Verde

Também foram adquiridos dois novos carros para as equipes técnicas do Cras e Creas que realizam atendimentos e visitas. Além disso, o serviço de abordagem social e de cumprimento de Medida Socioeducativa também conta agora com um veículo exclusivo.

Lucileide também enfatizou que foram pactuados alguns programas, como o Pró-Família, com o Governo do Estado, e o Criança Feliz com o Governo Federal. Além disso, o Município continua a busca pelo Selo Unicef, com uma parceria entre a Assistência Social, Saúde e Educação.

A secretária ressaltou as campanhas realizadas em 2018, como a “16 dias de ativismo”, de “combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes”, e de “políticas sobre drogas”, a proposta é trabalhar o tema com toda a sociedade como forma de promover conhecimento sobre os assuntos e conscientização.

De acordo com a secretária, além das campanhas de conscientização, a secretaria organizou alguns eventos e arrecadações, como a comemoração ao Dia da Mulher, Dia das Crianças, Dia do Idoso e a campanha do agasalho.

Para 2019, Lucileide pontuou a necessidade da expansão dos serviços para os bairros mais distantes, como o Jaime Seiti Fujii e Tessele Junior. “A proposta é levar os serviços para mais perto da população para fazermos o acompanhamento de forma adequada, realizando o trabalho em território. Por isso, vamos implantar o serviço do Cras em uma sala no Jaime Seiti Fujii até março”.

Outra ação para este ano é a finalização da obra de ampliação do Cras que já está em fase de licitação, ampliação do programa Criança Feliz e promover a reforma dos prédios das unidades e adequação para acessibilidade.


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui