Presidente da Assembleia Nacional da Venezuela é detido e liberado

0

O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, do partido de oposição ao presidente Nicolás Maduro, foi detido hoje (13) supostamente por agentes do serviço de inteligência venezuelana. A informação foi divulgada por sua esposa, Fabiana Rosales, e por parlamentares da oposição, por meio da rede social Twitter.

Ele foi liberado logo em seguida e seguiu para um evento na cidade de Vargas, onde era esperado. “Agradeço a todos pela reação imediata de apoio contra os abusos da ditadura contra meu marido @JGuaido. Eu já estou com ele. A ditadura não pode quebrar seu espírito de luta”, escreveu Fabiana.

O carro onde estava foi interceptado em uma rodovia. Na conta oficial da Assembleia Nacional no Twitter, há um vídeo que corresponderia ao momento da detenção.


Maduro tomou posse na quinta-feira (10) para mais um mandato que irá até 2025. Ele conta com o respaldo das Forças Armadas e da Suprema Corte. Porém, sofre resistência interna da Assembleia Nacional que é comandada pela oposição. Na sexta-feira (11), em evento público em Caracas e em postagens nas redes sociais, Guaidó defendeu o estabelecimento de um governo de transição e novas eleições no país.

Edição: Wellton Máximo

-Continua depois da publicidade ©-