Batalhão da PM de Sinop trabalha com frota reduzida após falta de pagamento a locadoras

0
Foto: PM-MT/Assessoria

O policiamento em Sinop, a 503 km de Cuiabá, está sendo feito com metade da frota, porque os veículos que são alugados pelo estado foram recolhidos por falta de pagamento às locadoras. Um dos contratos com 750 unidades terminou no início de novembro.

O 11º Batalhão da Polícia Militar tinha 13 viaturas e, atualmente, tem apenas cinco rodando e conta ainda com mais dois carros da Força Tática para combater a criminalidade.

A falta de frota vai impactar no serviço. O coronel Valter Razera, que é comandante regional da Polícia Militar, afirmou que o estado fez um contrato emergencial para repor essas viaturas que foram recolhidas.

Ele afirmou que irá buscar, em Cuiabá, seis veículos que já passaram por manutenção. No total, o Comando vai ficar com 10 veículos, porque mais um apresentou problemas mecânicos. O comandante também falou qual foi a redução da frota em Sorriso, a 420 km de Cuiabá.

Em entrevista ao Bom dia Mato Grosso, na terça-feira (8), o governador Mauro Mendes afirmou que o repasse para as locadoras não está sendo feito por falta de dinheiro e que mato grosso tem uma dívida de quase R$ 4 bilhões com os fornecedores. Ele pediu tempo e paciência para colocar as contas do estado em dia.