PRF APRESENTA BALANÇO ANUAL DE ACIDENTES E REGISTROS DE MORTES DIMINUEM 40% EM RORAIMA

0

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresentou nesta terça-feira (8) o balanço anual de acidentes de trânsito ocorridos no ano de 2018 em Roraima. De acordo com o levantamento, o número de mortes por acidentes de trânsito em rodovias federais no estado diminuíram 40,5% no ano passado se comparado ano de 2017. Foram registradas 37 mortes em 2017 contra 22 em 2018.

O número geral de acidentes também contabilizou uma redução de 17,4%. Enquanto em 2017 ocorreram 286 acidentes, em 2018 foram registradas 236 ocorrências dessa natureza, 50 a menos em comparação com período anterior. A quantidade de acidentes graves também apresentou redução de 16%.
A principal causa dos acidentes de trânsito registrados no ano passado continuou sendo a falta de atenção por parte dos condutores. O dado manteve a característica de 2017, seguidos por alcoolemia ao volante e desobediência às normas de trânsito. Em relação às causas de acidentes que resultaram em mortes, a falta de atenção do condutor continua como motivo principal, seguida por excesso de velocidade e falta de atenção de pedestres que transitam pelas rodovias.
A maior parte dos incidentes ocorre durante o dia, fase com maior tráfego de veículos nas rodovias. O fim de semana também continua sendo o período com maior registro de sinistros, acrescido pelo início da segunda-feira. Os tipos de acidente são em sua maioria de colisão traseira, seguido por saída de pista, colisão lateral e colisão transversal.
Boa Vista é o município onde mais ocorrem acidentes de trânsito em rodovias federais no estado. Cantá e Bonfim seguem na sequência apresentando aumento de acidentes em relação ao ano de 2017. A maior parte dos incidentes ocorre no perímetro urbano das cidades ou próximo a essas regiões.

Números s às fiscalizações em 2018

Ao todo, foram fiscalizados cerca de 35 mil veículos e 37 mil pessoas durante o ano de 2018 nas rodovias federais de Roraima. Foram lavrados aproximadamente 12,5 mil autos de infração de trânsito s às normas previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
A principal infração cometida foi a de excesso de velocidade com 3.500 autos confeccionados. Em seguida, estão ultrapassagens proibidas com 414, motorista e passageiros sem o cinto de segurança com 349 e criança sem cadeirinha com 347.
Também em 2018, foram realizados 10.300 testes de etilômetro (bafômetro), sendo flagrados dirigindo sob efeito de álcool 250 motoristas. Em relação às ações de educação para o trânsito, foram efetuados 55 trabalhos que atingiram 6.260 pessoas. Também foram fiscalizadas 1.189 toneladas de excesso de peso em veículos de carga trafegando em rodovias federais roraimenses.
Ações direcionadas aos direitos humanos envolvendo crimes como o tráfico de pessoas, exploração sexual de crianças e adolescentes, trabalho e escravo e infantil alcançaram 5 mil pessoas ao longo de 2018. Tratando-se de ocorrências criminais, houve a recuperação de 25 veículos com restrição de roubo e furto, além da detenção de 12 pessoas com mandado de prisão em aberto.

Núcleo de Comunicação da PRF-RR