Estado abre 4 vagas para Residência Médica em 2019; inscrições vão até 18 deste mês

Estado abre 4 vagas para Residência Médica em 2019; inscrições vão até 18 deste mês

0

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) abriu, nesta segunda-feira (07.01), o período de inscrições para o Processo Seletivo Unificado de Residência Médica do ano de 2019. São quatro vagas disponíveis, 02 para as áreas de Ortopedia, 01 para Psiquiatria, e 01 para Anestesiologia.

As inscrições vão até o dia 18 de janeiro e os interessados podem acessar o site www.saude.mt.gov.br (ícone no canto superior direito da página) e preencher o formulário (o endereço eletrônico é o https://residenciamedica20.wixsite.com/esp-ses-mt).

O edital foi publicado no Diário Oficial do dia 04 de janeiro estabelecendo a abertura de inscrições para o preenchimento de quatro vagas ofertadas nos Programas de Residência Médica credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica/Ministério da Educação (CNRM/SESU/MEC).

As duas vagas para a área de Ortopedia serão ofertadas no Hospital Metropolitano de Várzea Grande; uma vaga de Psiquiatria para o CIAPS – Hospital Adauto Botelho (em Cuiabá); e uma vaga para Anestesiologia para o Hospital São Luis, de Cáceres. A duração do programa é de três anos. A residência médica não gera nenhum vínculo empregatício entre o médico residente e as Unidades de Saúde que oferecem as vagas. O médico residente será vinculado ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS), como contribuinte individual.

Conforme o edital, somente poderão concorrer às vagas oferecidas graduados em Curso de Medicina, reconhecido pelo MEC. A inscrição e aprovação no Processo Seletivo Unificado não garantem a efetivação da matrícula do candidato no Programa de Residência Médica pretendido, ficando condicionada à apresentação do Registro no Conselho Regional de Medicina e dos documentos necessários para a matrícula.

Não será cobrada nenhuma taxa de inscrição. Antes de se inscrever, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todas as exigências. No momento da inscrição, o candidato deverá optar pela especialidade/Unidade de Saúde. Após a inscrição, não será permitida, em hipótese alguma, sua alteração.



No caso de médicos estrangeiros, as inscrições poderão ser realizadas mediante apresentação do visto de permanência no Brasil, diploma devidamente revalidado e registrado em qualquer Conselho Regional de Medicina do Brasil. Quanto aos médicos brasileiros, formados por faculdades estrangeiras, as inscrições só poderão ser realizadas mediante apresentação do diploma devidamente revalidado pelo MEC. Não poderão se inscrever em programa de residência médica, os candidatos que já concluíram residência médica requerida na mesma especialidade em anos anteriores.

Provas

AS provas serão divididas em duas fases. A primeira fase será teórica, eliminatória e classificatória e terá peso 9. A segunda fase do processo consiste na análise curricular, classificatória e terá peso 1.

A prova teórica será realizada no dia 01º de fevereiro de 2018, a partir das 8h, na Escola de Saúde Pública do Estado de Mato Grosso, localizada à Rua Adauto Botelho, 552, Bairro Coophema, em Cuiabá.  O candidato terá quatro horas para responder questões de Conhecimentos Gerais em Medicina com questões de múltipla escolha, com 50 questões distribuídas em igual número e valor nas áreas ou especialidades Clínica Médica, Cirurgia Geral, Ginecologia-Obstetrícia, Pediatria e Medicina Preventiva e Social. O gabarito da prova teórica será divulgado no endereço eletrônico www.saude.mt.gov.br no dia 01º de fevereiro de 2019, a partir das 15h, e a divulgação do resultado da prova teórica será no dia 06 de fevereiro, no mesmo endereço eletrônico.

Serão classificados para a segunda fase os candidatos que obtiverem as maiores notas na primeira fase, em ordem decrescente e em número de quatro vezes a quantidade de vagas para cada programa. A Análise Curricular terá peso 1 e será realizada de acordo com a ficha de pontuação curricular preenchida pelo candidato e com as cópias dos comprovantes anexadas.

Documentos

No ato da matrícula deverão ser entregues documentos entre 11 e 13 de fevereiro de 2018, nas respectivas COREME´s (Comissão de Residência Médica) do hospital sede do programa em que o candidato foi aprovado. Os documentos são os seguintes: diploma de Curso de Medicina, Histórico Escolar de Graduação, Registro do Conselho Regional de Medicina, CPF, Carteira de Identidade (RG), Título de Eleitor e comprovante das obrigações eleitorais e comprovante de quitação do serviço militar (sexo masculino).

Deverão ser entregues cópias simples dos seguintes documentos: comprovante de inscrição no INSS; comprovante de endereço residencial; NIT ou PIS/PASEP; comprovante de grupo sanguíneo; dados da conta bancária do Banco do Brasil; carteira de vacinação completa e atualizada; e 1 foto 3 x 4, recente e colorida.

A data de início da Residência será no dia 1º de março de 2019 e os residentes deverão se apresentar junto à coordenação de cada COREME (Comissão de Residência Médica) da Unidade de Saúde onde se matriculou, às 8h, para início das atividades.

CRONOGRAMA DO PROCESSO SELETIVO UNIFICADA RESIDÊNCIA MÉDICA 2019

ETAPAS

PERÍODO
Inscrições via internet 07/01 a 18/01/2019
Publicação das inscrições deferidas e indeferidas 21/01/2019
Recurso dos indeferimentos 22/01/2019
Publicação das inscrições deferidas após o recurso 23/01/2019
Prova teórica 01/02/2019
Recurso de contestação das questões 04/02/2019
Resultado do recurso do gabarito 05/02/2019
Divulgação do resultado da prova teórica 06/02/2019
Preenchimento da ficha de Pontuação Curricular para os candidatos classificados 07/02/2019
Divulgação do Resultado final 08/02/2019
Matrícula nas COREME´s 11/02 a 13/02/2019
Início dos Programas 01/03/2019