Única sobrevivente de atropelamento na frente de boate em Cuiabá deve passar por cirurgia no ombro nesta 2ª

0
Foto: Facebook/Reprodução

A universitária Hya Girotto, de 21 anos, atropelada em frente a uma boate na região central de Cuiabáem dezembro do ano passado, deve passar por uma cirurgia no ombro direito nesta segunda-feira (7). Ela é a única sobrevivente do atropelamento que matou outras duas pessoas.

Também foram atropelados a estudante Myllena Lacerda Inocêncio, de 22 anos, que morreu no local, e o cantor Ramon Alcides Viveiros, 25 anos, que morreu após permanecer uma semana internado.


Continua depois da publicidade-pix


Segundo a família de Hya, o procedimento deve ser realizado para a colocação de uma placa que deve corrigir uma das fraturas sofrida por ela.

Hya, que estava em coma induzido, acordou e já se alimenta via oral. De acordo com o irmão dela, Leandro Girotto, a melhora tem sido gradual e a irmã passa bem.

-Continua depois da publicidade ©-




-Patrocinador-