Mulher é convidada para beber e acaba estuprada em MT; vídeo da agressão física e sexual foi gravado

0

A Polícia Militar prendeu um homem de 46 anos, que teria convidado a vítima de 21 anos, para juntos beberem bebida alcoólica na casa dele. Ela aceitou e ao chegar ao endereço, em Várzea Grande, havia mais dois suspeitos que teriam coagido e ameaçado a vítima, obrigando-a a ingerir drogas e, posteriormente, forçaram-na a manter relação sexual com um deles. Ela conseguiu escapar pelo vão da porta, pulou muros e pediu ajuda. A situação aconteceu por volta das 23h desta terça-feira (01.01).

A vítima narrou aos policiais que foi agredida fisicamente com socos, pontapés e puxões de cabelo. E que um sujeito (ela não soube informar o nome) teria, sem o seu consentimento e à força, mantido relação sexual com ela. E que os suspeitos diziam o tempo todo que ela estava pagando por algo feito por seu esposo, além de terem gravado vídeos da agressão física e sexual.

Segundo ela, algumas horas depois, dois indivíduos foram embora um dormiu, então, ela conseguiu escapar. Ela apresentava lesões no pescoço, braços, pés, nádegas e coxas.

Um deles foi detido em casa e conduzido para a Central de Flagrantes, mas não teria participado do estupro, e sim, agredido fisicamente e verbalmente com palavras ofensivas e ameaçando a vítima de morte, bem como, manteve a jovem em cárcere privado e nua. Os demais suspeitos não foram localizados e o detido alega não conhecê-los.