Presidente da Assembleia de Roraima é alvo de mandado judicial

0

Promotores do Ministério Público de Roraima (MP-RR) e agentes da Força Nacional de Segurança Pública e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriram, hoje (2), mandados judiciais de busca e apreensão na Assembleia Legislativa de Roraima. O Ministério Público estadual ainda não informou os objetivos da ação.

Conforme a Agência Brasil apurou, entre os alvos da operação estão o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Jalser Renier (Solidariedade). Os policiais estiveram no gabinete e na casa de Renier, que ainda não se pronunciou.


A assessoria da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal confirmou que disponibilizou agentes ao MP estadual, inclusive para apoiar o policiamento ao redor da Assembleia Legislativa. Procurado pela reportagem, o Ministério da Justiça e Segurança Pública ainda não se manifestou sobre a participação da Força Nacional na ação estadual.

A chapa encabeçada por Renier foi eleita ontem (1) para compor a Mesa Diretora que conduzirá os trabalhos da Assembleia Legislativa até o fim do próximo ano, reconduzindo o deputado à presidência da Casa.

Roraima esteve sob intervenção federal entre os dias 10 de dezembro e ontem (1º), quando o governador eleito Antonio Denarium (PSL), e o vice-governador, Frutuoso Lins (PTC), foram empossados. A justificativa para a intervenção foi a crise financeira que o estado enfrenta que levou ao governo estadual a atrasar o pagamento de salários a servidores públicos.

  Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança

Edição: Fernando Fraga