Simulação de acidente no aeroporto tem ação rápida do Corpo de Bombeiros Militar

Simulação de acidente no aeroporto tem ação rápida do Corpo de Bombeiros Militar

0

Um grave acidente com um avião de pequeno porte foi o cenário para o treinamento da unidade do Corpo de Bombeiros Militar no Aeroporto Marechal Rondon, nesta quarta-feira (19/12). Na situação criada para a simulação, ocorreu a explosão de uma aeronave que precisou de combate a incêndio e o resgate de quatro vítimas, duas delas atendidas no atendimento pré-hospitalar e duas encaminhadas ao pronto atendimento mais próximo.

No resgate às vítimas, os bombeiros passaram por um corredor com chamas dos dois lados. A segurança dos combatentes foi garantida pelos jatos de água e pelo líquido gerador de espuma (LGE) que reduziram as chamas causadas pela simulação de explosão. Seis viaturas da unidade do Corpo de Bombeiros do aeroporto foram aplicadas na atividade e o helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) se aproximou em prontidão.

O Exercício Simulado de Emergência em Aeródromo é uma das exigências da Resolução 382 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Durante o exercício é avaliado o tempo de resposta das instituições que fazem parte da segurança e do atendimento aos serviços aeroportuários”, afirmou o Gerente de Segurança do Aeroporto Marechal Rondon.

O tenente Jackson Ataíde, comandante da unidade e da operação avaliou positivamente a ação. “A simulação é importante para avaliar a necessidade de manutenção de cada sistema”, afirmou o tenente. Ao final do exercício, a Infraero faz um relatório sobre as ações realizadas e houve conversa com cada instituição envolvida sobre o que correu bem e o que pode ser melhorado.