Honraria o Semeador encerra oficialmente as comemorações dos 30 anos de Nova Mutum

0

A Honraria ‘O Semeador’, realizada na última sexta-feira, 14, que homenageou 9 ilustres personalidades que tiveram papel fundamental na história de Nova Mutum, marcou oficialmente o encerramento das comemorações alusivas aos 30 anos de emancipação política –administrativa de Nova Mutum.

As comemorações tiveram início com as festividades de aniversário da cidade em julho com a realização de uma programação voltada às famílias mutuenses, onde se apresentaram Dunga PHN da canção nova e os cantores Fernandinho e Daniel, além de atos oficias e desfile cívico.

A Honraria ‘O Semeador’ foi entregue para as personalidades; Laismara Tasca – autora da Bandeira Municipal, Luiz Pedro Franz – autor do Hino Municipal, Claúdio Luiz Perin – autor do Brasão Municipal, Jair Arruda – Subprefeito quando Nova Mutum era distrito de Diamantino, Alfredo Horn – primeiro Vereador de Nova Mutum, Alaor Zancanaro – Pioneiro e Desbravador da região da São Manoel e Novo Horizonte, Alcindo Uggeri – Pioneiro e ex Vice-Prefeito, Frederico Ribeiro Krakauer – Empresário e neto do pioneiro José Aparecido Ribeiro e ainda Francisco Pinardi de Moraes – Pioneiro e primeiro Vice-Prefeito de Nova Mutum.

O prefeito de Nova Mutum, Adriano Xavier Pivetta avalia que 2018 foi um ano especial e que não poderia ser encerrado sem que o Município prestasse essa homenagem à pessoas que deixaram suas sementes do bem. “Ficamos muito felizes por estarmos encerrando mais um ciclo. Esse ano teve um significado muito especial, pois comemoramos 30 anos, são três décadas e encerramos o ano com esta honraria que tem a finalidade de homenagear pessoas que foram fundamentais para nossa história”, destacou.

O evento foi realizado nas dependências do Sindicato Rural de Nova Mutum e contou com a presença de autoridades locais, convidados, e familiares dos homenageados.

A Honraria foi instituída pela Lei Municipal nº 1914 de 07 de setembro de 2015, que autorizou o chefe do poder Executivo Municipal a criar o prêmio, bem como também instituiu a figura do “Semeador” como Estátua Símbolo do Município, pois “ela possui idêntica identidade com os desbravadores desta cidade, onde aqui lançaram as suas sementes, com a confiança de que há uma terra fértil, e que apesar de qualquer dificuldade mantém crescimento e desenvolvimento estável” diz a Lei.