Educação informatiza contagem de pontos e atribuição de aula na gestão escolar

Novo módulo do sistema garantirá precisão e transparência no processo

0

Dando prosseguimento à ampliação do ferramental tecnológico colocado à disposição da Secretaria Municipal de Educação, teve início nesta terça-feira, 11, a liberação da atribuição de aula no sistema de gestão educacional Escola.NET. A iniciativa, que vem na sequência do processo de implantação do módulo de contagem de pontos conduzido nas últimas semanas, deverá ser concluída até o próximo dia 14 e, igualmente, ficará disponível no site da Prefeitura.

A inclusão do novo módulo informatizado permitirá o armazenamento, gerenciamento e consulta de informações em tempo real de processos que antes eram feitos manualmente, garantindo mais democracia, precisão e transparência à gestão. Tais medidas somam-se, entre outras, à informatização do gerenciamento das informações administrativas das secretarias escolares, emissão de documentação de alunos, funcionários e professores e de lançamentos diários on-line.

Para a secretária municipal de Educação, Cleusa Marchezan De Marco, as novas ferramentas adotadas após ampla consulta proporcionarão melhorias nos processos administrativos das escolas, com mais organização, agilidade e transparência, ampliando o acesso às informações da gestão. “São avanços democráticos possibilitados pela informatização cada vez maior do sistema, elevando o nível de participação na gestão educacional e na implementação das políticas para o setor”, destacou.

De acordo com o consultor educacional da empresa Omega Sistemas, Anderson Veronez, a partir do próximo ano todo o processo será melhorado, principalmente a contagem de pontos, visto que o professor, mediante o acesso que já tem pela internet para controle do diário de classe, também poderá enviar sua documentação por meio de fotos e materiais escaneados. “O pessoal da comissão de atribuição e contagem de pontos aqui da secretaria terá muito mais facilidade para fazer o controle e auditoria. Além disso, vai tornar todo o processo mais democrático, uma vez que os professores poderão acompanhar não só à lista de contagem de pontos, sua classificação, mas também todo quadro de atribuição que ficará disponível no site da Prefeitura”, informou.

Nesta segunda-feira, na Sala dos Conselhos, integrantes das comissões de atribuição das escolas participaram de um treinamento sobre a implantação das novas ferramentas no sistema. “A gente vê de uma forma positiva a geração informatizada da atribuição porque permitirá maior transparência ao processo de atribuição de aula. Diferentemente dos anos anteriores, poderemos contar com recursos tecnológicos que já são utilizados nas escolas para melhorar a gestão”, destacou a gestora Carla Patrícia Leite Sanches, da Escola Fredolino Vieira Barros, do distrito de Groslândia.

Opinião semelhante tem a gestora da Escola São Cristóvão, Andréia Pedrassani Ottoni Gugel. “Eu vejo uma coisa muito boa, muito clara e transparente. Clareza tanto para o professor como para a secretaria. Vai estar tudo ali e não há como ter questionamentos de que não está correto. O sistema é único e igual para todos. Ainda temos um pouco de dificuldade de se adaptar e de entender o processo. Mas depois, ficará tudo ficará bem mais fácil.”