Samu recebeu mais de 30 mil trotes entre janeiro e outubro deste ano em Mato Grosso

Ao todo, foram registrados 33.316 mil trotes entre janeiro e outubro de 2018, de acordo com estatísticas divulgadas pelo órgão. O número representa 23% do total de ligações no período analisado.

0
Foto: Lenine Martins/Sesp-MT

O número 192, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), 33.316 mil trotes entre janeiro e outubro de 2018, de acordo com estatísticas divulgadas pelo órgão. O número representa 23% do total de ligações no período analisado.

Os trotes mobilizam ambulâncias, ocasionando consequentemente a demora no atendimento para as solicitações que realmente necessitam dos serviços especializados.

A grande maioria dessas ligações, foi realizada nos horários de entrada e saída das escolas e durante os intervalos das aulas.

De acordo com a superintendente do Samu, Bruna Karoline de Almeida Santiago, essas ligações, além de ocupar as linhas telefônicas, muitas vezes geram deslocamento desnecessário de recursos.

Por causa disso, crianças da Escola Estadual Senador Azeredo vão receber palestras com primeiros socorros e, com isso, conscientização para não passarem trotes ao Samu.

Durante as aulas as crianças aprenderão de forma dinâmica como ocorre todo atendimento inicial do Samu, desde as funções de cada servidor que se encontra na Central de Regulação de urgências (CRU), localizada na capital.