Ações do projeto Verde Novo são efetuadas no complexo Lagoa Encantada

0

O espaço situado no bairro CPA III recebeu atividade de plantio e distribuição de mudas nativas

Mais uma ação do projeto “Verde Novo – 300 mil árvores, Cuiabá 300 anos” foi realizada na sexta-feira (07). Desta vez, a iniciativa promovida pela Prefeitura de Cuiabá, Poder Judiciário – representado pelo Juizado Ambiental (Juvam) – e o Instituto Ação Verde levou as atividades de plantio de 700 mudas de árvores nativas e distribuição de outras mil para o complexo da Lagoa Encantada, situada no bairro CPA III.

Esta edição contou com o apoio da administração da subprefeitura da Regional Norte e com a participação de dezenas de pessoas assistidas pela unidade do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) do CPA III. Também se envolveram na ação alunos das escolas estaduais Newton Alfredo Aguiar, Pe. João Panarotto e Leovegildo de Melo, além de integrantes da Central Única das Favelas (Cufa) de Cuiabá.


“É necessário que cada um contribua com a preservação do meio ambiente e, principalmente, com o resgate do título de Cidade Verde. Acredito que o sucesso de uma gestão está na participação de todos e, por conta disso, estamos construindo pontes com os mais diferentes segmentos da sociedade civil organizada. Por meio de ações como esta é que vamos construir o ideal de uma sociedade cada vez melhor”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro.

  Prefeito entrega mais uma obra de acessibilidade e mobilidade urbana

O Verde Novo tem representado o fortalecimento da parceria entre as diferentes instituições que caminham em busca de um ideal em comum: retomar para Cuiabá o histórico título de “Cidade Verde”. Para isto, as três entidades assinaram, em dezembro de 2017, um Termo de Cooperação Técnica com o intuito de unificar as ações, que antes eram realizadas separadamente, e alcançar a ousada meta de 300 mil árvores plantadas.

O projeto teve início em março deste ano ao realizar o plantio de 500 mudas nas proximidades da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Desde então, o Parque das Águas, Parque Tia Nair, Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), Praça Alencastro, Parque Mãe Bonifácia e Massairo Okamura, são exemplos de locais que já receberam a atividade. O plantio segue o planejamento de utilizar pelo menos 70% de espécies nativas da região.


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui