Secretarias Municipais realinham as metas para 2019

0

Durante três dias os gestores das pastas municipais estiveram reunidos para realinhar o plano de atuação para 2019, a fim de garantir que as diversas ações delineadas pela Prefeitura de Cuiabá sejam concretizadas. A Transversalidade dos Objetivos Estratégicos foi o principal tema discutido durante a Oficina de Realinhamento do Plano Estratégico da Prefeitura de Cuiabá.

A Oficina de Realinhamento 2019 foi coordenada pela Equipe de Planejamento da Secretaria Municipal de Planejamento, com apoio do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) com intuito de realizar uma avaliação geral da execução das principais metas realizadas pelas secretarias no ano de 2018, bem como promover uma reflexão sobre a metodologia de trabalho se está ou não funcionando e quais os próximos movimentos a serem dados.


O secretário municipal de Governo, Carlos Roberto Costa explica que “a parceria com o TCE é uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, onde já podemos considerar a conquista de grandes avanços. O realinhamento do planejamento estratégico e a continuidade desse projeto, com o monitoramento das metas planejadas e executados o ano de 2019, é uma prioridade dessa gestão, sobretudo visando a efetividade das ações rumo ao tricentenário de Cuiabá”, frisou o secretário.   

Os encontros foram divididos em três eixos temáticos: sistêmico, social e ambiental e separado por secretarias: Eixo 1 Sistêmico: Fazenda, Gestão, Procuradoria, Controladoria, Governo, Planejamento e Comunicação; Eixo 2 Social: Saúde, Educação, Cultura, Assistência, Trabalho, Obras e Habitação e Eixo 3 Ambiental: Serviços Urbanos, Meio Ambiente, Mobilidade e Cuiabá 300, Ordem Pública e Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (ARSEC).

De acordo com Silvina Maria dos Anjos, membro da Assessoria Especial de Planejamento do Município, o projeto de realinhamento, dentro dos Eixos de Planejamento, ao observar o mapa estratégico, foi percebido que não há secretaria com seu objetivo estratégico, mas sim secretarias estratégicas, que na transversalidade, conseguem, por meio dos seus indicadores e metas, traduzir os resultados para o atingimento dos objetivos estratégicos.

  Município prepara entrega de nova ponte na comunidade do Monjolo

Para o analista técnico de Gestão do TCE-MT, Volmir Manhabosco, comentou que o processo de planejamento requer metodologias mais eficientes e dinâmicas. “Essas metodologias consistem em acompanhamento constante ao longo do ano, por meio de verificações e avaliações. E a UFMT é uma importante parceira no sentido de conferir aporte teórico, para elaborar planos em sintonia com a realidade do município”, salientou.

As Metas estabelecidas para 2019 serão apresentadas ao Prefeito Emanuel Pinheiro na Reunião do Comitê Executivo de Gestão Estratégica, ocasião em que cada secretário apresentará os resultados alcançados, no ano de 2018, na condição de guardiões dos indicadores, bem como as suas metas realinhadas, a serem atingidas, em 2019.

O Prefeito Emanuel Pinheiro ratificou o compromisso e engajamento de cada um dos secretários, no intuito de avançarmos, cada vez mais, dentro da cultura do Planejamento, que sejam priorizadas os compromissos do seu Plano de Governo firmado com a Sociedade, que resulta garantir as políticas públicas efetivas por meio de uma gestão participativa, humanizada para o bem estar do cidadão.

“A oficina respeita a metodologia de gestão estratégica e conta com o apoio e a orientação técnica da consultoria do TCE-MT, dentro do Projeto I – Apoio ao Planejamento Estratégico do Programa PDI, que atuou no desenvolvimento da implantação do plano estratégico de longo prazo em que foram dimensionados objetivos e metas para o período de 2017-2023 a serem alcançados pela administração municipal”, finalizou o secretário adjunto de Planejamento, João Henrique Paiva.


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui