Alunos de Cuiabá realizam provas de proficiência pela internet

0

Cerca 4 mil alunos do 4º ano de 50 unidades de ensino da rede pública municipal de Cuiabá estão realizando nesta e na próxima semana uma avaliação diagnóstica e preparatória para a Prova Brasil 2019. A novidade é que parte das unidades (cerca de 30% delas) está fazendo as provas pela internet e o restante, a maioria, está utilizando a lousa digital.

A coordenadora de Organização Curricular (COC), da Diretoria de Ensino, Eliane Quinhone falou sobre os objetivos da Secretaria de Educação ao aplicar a avaliação e disponibilizar as provas no formato digital. “A ideia é monitorar o processo de aprendizagem dos alunos que no ano que vem estarão participando da Prova Brasil. O formato digital permite acessarmos os resultados mais rapidamente e, com isso, a Secretaria poderá planejar a formação dos professores e as intervenções pedagógicas necessárias de forma mais eficaz”, explicou.


As provas foram elaboradas pelos assessores pedagógicos da Coordenadoria de Formação, na mesma estética utilizada pela Prova Brasil, e estão sendo disponibilizadas em três formatos, para impressão, para o uso em lousa digital ou em formulário digital. Algumas unidades escolares adotaram a prova como avaliação de fim de ano dos seus alunos.

Na EMEB Ana Tereza Arkos Krause, 127 alunos das cinco turmas de 4º ano estão fazendo a avaliação por meio de formulário digital, uma motivação a mais, segundo a diretora, Olinda Gonçalves de Almeida Dias.

Falando sobre a Prova Brasil, Eliane Quinhone explicou que a maioria das unidades escolares da rede pública municipal de Cuiabá estão no nível 3 e, um número menor, no nível 4, que correspondem respectivamente aos níveis básico e avançado.

  Prefeito e presidente entregam o Hospital Municipal de Cuiabá - HMC - dia 28

“Nossa meta para 2019, como já temos feito nos anos anteriores, é trabalhar na formação dos professores, as dificuldades apresentadas pelos alunos, para que eles saiam do nível básico e atinjam o avançado. Nosso foco é a formação do professor para que eles tenham um melhor desempenho em sala de aula e, com isso, possamos avançar ainda mais nos resultados da Prova Brasil”, ressaltou.

A secretária-adjunta de Educação, Edilene Machado disse que a gestão Emanuel Pinheiro trabalha para assegurar o direito à aprendizagem de qualidade para as crianças cuiabanas. “Esse é mais um instrumento importante para planejar medidas que impactem positivamente a Educação da Capital”, salientou ela.  

 

Ideb

As escolas da rede pública municipal de Cuiabá vêm avançando no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Em 2017, nos anos iniciais (1º ao 5º ano), superaram a meta projetada pelo Ministério da Educação (MEC), de 5,3, alcançando, 5,7.

Com esse desempenho Cuiabá ultrapassou também, a meta projetada pelo Ministério da Educação para 2019, que é de 5.6. Das 45 escolas municipais dos anos iniciais que fizeram a Prova Brasil em 2017, 33 mantiveram ou superaram a meta estipulada pelo MEC. 


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui