Ministério ouve demandas de servidores e usuários do Arquivo Nacional

0

O Ministério da Justiça (MJ) inicia hoje (3), na sede do Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro, o evento Escuta Ativa. É para recolher demandas de cidadãos, servidores e gestores.

A iniciativa, que irá até esta quarta-feira (5), vai obter dados sobre o perfil dos servidores, qualidade de vida no ambiente de trabalho e estrutura física e tecnológica, além de aspectos gerais ligados à gestão.


A coleta de dados será feita a partir do preenchimento de questionário específico aplicado nas escutas com os funcionários.

Em seguida, a Ouvidoria do Ministério da Justiça trabalhará os resultados dos questionários e produzirá um relatório final, que será apresentado ao gabinete do ministro e ao Arquivo Nacional.

A intenção da ação é apresentar o trabalho das unidades de comunicação de denúncias e irregularidades do ministério para fortalecer a participação social no processo de gestão. Assim, o Ministério da Justiça espera aperfeiçoar seus serviços com base nas demandas apresentadas.

Para o ano que vem, outros dois órgãos também devem receber a iniciativa Escuta Ativa: o Conselho Administrativo de Defesa Econômica e Fundação Nacional do Índio.

  ONU aprova pacto global sobre refugiados

*Estagiária sob supervisão de Vitor Abdala

Edição: Kleber Sampaio