Equipe de Mauro Mendes deve ser anunciada na próxima semana

0

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) deve anunciar os integrantes do primeiro escalão estadual para a sua administração na próxima semana. A expectativa é que os nomes sejam divulgados no próximo dia 05. O governador eleito deveria ter chegado em Cuiabá na noite de onte, sexta-feira (30), após duas semanas de férias com a família em Miami, nos Estados Unidos.

O único nome convidado até o momento para compor o secretariado é da futura primeira-dama Virgínia Mendes, que deve comandar a Secretaria de Assistência Social.


#Patrocinador

Diante dos cortes que pretende promover assim que assumir o comando do Palácio Paiaguás, ao invés de 24 nomes, como ocorre na gestão Pedro Taques (PSDB), o democrata anunciará 15 assessores para compor o 1º escalão.

No contexto do enxugamento, chama atenção a transformação da Casa Civil do Paiaguás numa “supersecretaria”, que controlará Assuntos Estratégicos, Articulação, Desenvolvimento Regional e Comunicação.

Por conta dos “superpoderes”, obviamente, torna-se mais acirrada a disputa pelo comando dessa pasta. São cogitados o senador Cidinho (PP), o deputado federal Fábio Garcia (DEM) e o “primeiro-amigo” Mauro Carvalho (DEM).

Já entre as estruturas que deixarão de existir com a reforma administrativa que será promovida por Mendes estão a secretaria de Cidades e a Casa Militar.

  Prefeito envia à Câmara proposta que cria o HMC - Hospital Municipal de Cuiabá

A secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, por sua vez, será incorporada à de Desenvolvimento Econômico (Sedec). A Secretaria de Estado de Planejamento será incorporada à secretaria de Gestão (Seplag), e o gabinete de Transparência e Combate à Corrupção voltará à competência da Controladoria Geral do Estado (CGE).

No que tange a estrutura do Governo, o democrata irá fundir as secretarias de Planejamento e Gestão e separar a secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). Direitos Humanos passa a ser vinculado a Trabalho e Assistência Social, que passa a ser chamada secretaria de Cidadania, Assistência Social e Direitos Humanos (Setasdh).

A nova estrutura também desvincula a secretaria de Educação das pastas de Esporte e Lazer, que será unificada com a de Cultura e Turismo – que estava, antes, vinculada à Sedec. Desta forma, será criada a secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sectel).

Com a extinção da secretaria de Cidades (Secid), as funções da Secid passarão a ser cumpridas pela secretaria de Infraestrutura, Logística e Obras Públicas (Sinfra).

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui