PGJ participa de audiência sobre “Taxação do Agronegócio”

0

Nesta quinta-feira (29), durante a audiência pública que debateu a “Taxação do Agronegócio em Mato Grosso”, na Assembleia Legislativa, o procurador-geral de Justiça Luiz Alberto Esteves Scaloppe, chamou a atenção do público presente para a necessidade de um olhar mais atento e crítico sobre as consequências da concentração de renda nas mãos de uma minoria. Destacou, também, a importância da industrialização para o desenvolvimento do Estado.


Se nós não nos preocuparmos com o excesso da economia que temos e não nos apropriarmos do excedente para revertermos em prol da industrialização, teremos problemas sociais cada vez mais graves”, ressaltou.


Scaloppe falou ainda sobre a proposta de outorga onerosa da água. Enfatizou que, como defensor da sociedade e do regime democrático, o Ministério Público não poderia fugir deste importante debate. “A taxação é hoje palavra de ordem no Estado e teremos que resolver isso. A Lei Tributária deve ser justa e sabemos que da forma como está existe muita injustiça”, observou.

Presidente da Assembleia aponta erro estratégico em taxar Agro

  Workshop abordará desafios do vazio sanitário da soja em Mato Grosso

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui