Henryquinho dá show, e Cruzeiro é bicampeão do e-Brasileirão

0

Representante do clube celeste avançou com a melhor campanha da fase de grupos e nesta sexta bateu Flamengo, Ceará e Botafogo para garantir o troféu

 


O Cruzeiro é bicampeão do e-Brasileirão! Na tarde desta sexta-feira (30), na sede da CBF, no Rio de Janeiro (RJ), Henryquinho, que defendia o título, conquistou o segundo troféu da competição para o clube celeste. O jovem Cláudio Henrique Mesquita derrotou o representante do Botafogo, Allan Leal, na decisão e, além do troféu, leva para casa a premiação no valor de R$ 20 mil.

Henryquinho conquistou a competição com grande campanha. O atleta teve a melhor campanha da fase de grupos do campeonato de Pro Evolution Soccer (PES), com dez pontos no grupo da morte, que envolveu o campeão de 2016, GuiFera, e o vice do ano passado, Valber Mendes. Nas quartas de final, que começaram a ser disputadas nesta sexta, o Cruzeiro derrotou o Flamengo de Leonardo “Jambock” na ida e na volta, com vitórias por 3 a 2 e 2 a 0.

Na semifinal, Henryquinho enfrentou o representante do Ceará, João Victor, por 3 a 0 e 3 a 1 e carimbou o passaporte para a grande decisão. O jovem cruzeirense encarou o Botafogo de Allan Leal, que, nos confrontos eliminatórios, o representante do Fogão deixou para trás Guilherme ”GuiFera”, do Santos, e Rudy Lucas, do Atlético-PR.  e mostrou grande controle emocional. Venceu a ida por 4 a 1 e, no duelo da volta, controlou bem o duelo, soube segurar o adversário e, apesar da derrota por 2 a 1, conquistou o título com triunfo por 5 a 3 por agregado.

“Estou muito feliz. Consegui chegar os três anos nas finais, tenho dois títulos, e ganhar pelo clube do meu coração é sempre melhor do que ganhar outros campeonatos. É uma emoção muito grande. Acho que é o título mais importante da minha vida, pois tive uma temporada espetacular, e agora é continuar firme para representar o Brasil bem”, destacou o campeão Henryquinho.

A edição do e-Brasileirão 2018 foi a terceira da história. O campeonato deste ano foi dividido em três etapas: eliminatórias de clubes online, qualificatórias presenciais do clubes (realizadas em estádios) e fase do mata-mata na sede da CBF. Mais de 18 mil jogadores se inscreveram para as seletivas dos 20 clubes do Campeonato Brasileiro.

  O futebol brasileiro e a MP 846/18