Badminton da São Cristóvão ganha bronze nos Jogos Escolares da Juventude

Prêmio esportivo é o primeiro de nível nacional da rede do município

0

A dupla feminina de badminton formada pelas alunas do 9º ano da Escola São Cristóvão, Julya Delfino de França e Izabela da Silva Dorneles, ambas de 14 anos, ficaram com a terceira colocação nos Jogos Escolares da Juventude, realizados de 12 a 25 de novembro, em Natal, Rio Grande do Norte. Durante a participação na competição, elas tiveram o acompanhamento do professor de educação física e técnico, André Fernandes de Matto.

Para Izabela, que nunca havia participado de uma competição, foi uma experiência muito boa porque aprendeu a lidar um pouco mais com o nervosismo e a tensão durante uma disputa. “Ter conquistado a primeira medalha de badminton para o município e o estado foi muito bom. Sempre gostei muito de esporte, sempre incentivada pelos meus pais, e quando vi o badminton, aquela raquete e a peteca, comecei a praticar e achei muito legal”, conta.


“Pra gente é muito gratificante conseguir chegar no pódio de uma competição que tem vários estados representados, ver ser erguida a bandeira de Mato Grosso e trazer esta conquista para Lucas do Rio Verde e para a Escola São Cristóvão”, relata Julya. Segundo ela, a medalha veio após vencerem as duplas de Rondônia, Amapá e Mato Grosso do Sul.

Impulsionador da modalidade desde 2009, o professor e técnico da dupla destacou o quanto foi difícil implantar o trabalho em cima de um esporte pouco praticado até então. “Faz seis anos que a gente participa dos Jogos Escolares e só agora pudemos ver atletas fazer subir a bandeira de Mato Grosso. É uma emoção muito grande, um resultado de muita importância para o nosso projeto e só mostra que estamos no caminho certo”, destaca André de Matto.

Embora perceba que houve uma melhora de nível na capacidade técnica e que a conquista deva incentivar outros estudantes e promover a modalidade, ele avalia que o desempenho ainda está abaixo da expectativa. “Dispomos de três dias na semana para treinar mais de 100 alunos de diferentes faixas etárias. Mesmo assim, são poucos dias de treino para o montante de alunos que hoje praticam este esporte.”

  Confirmado: Zeca Picolo é o novo secretário de Segurança e Trânsito

Segundo o prefeito Flori Luiz Binotti, a Escola São Cristóvão seguidamente tem contribuído para destacar Lucas do Rio Verde dentro do estado e agora, com essa conquista, também no âmbito nacional. “É muito bom colher os frutos de um trabalho que estamos realizando com bastante foco na educação. Faremos investimentos permanentes na área porque não tenho dúvida de que será através da educação que vamos conseguir os avanços e as mudanças necessárias para a sociedade”, salienta.

A secretária de Educação Cleusa de Marco falou da alegria com que recebeu a notícia e ressaltou o papel exemplar que a escola ocupa na área de ensino do município de Lucas do Rio Verde pela dedicação, pela forma integrada de trabalho com a comunidade São Cristóvão e pelos resultados alcançados na qualidade da educação. “O professor precisa de condições para colocar em prática seus sonhos e os projetos que idealiza para despertar o talento dos alunos que muitas vezes está ali escondido e só requer oportunidades para aflorar.”

Confessando ser uma apaixonada pelo badminton, a diretora Andréia Pedrassani Ottoni Gugel disse que nada melhor que o esporte para ensinar valores e que a conquista resulta de uma parceria da equipe, da comunidade escolar, da Secretaria de Educação e professores. “Todos lutando juntos, está aí, tem resultado. Educação quando é feita com amor, quando a gente acredita e não desiste, sendo levada com seriedade e responsabilidade, traz bons frutos”, ressalta.

 

Estudantes de Lucas do Rio Verde recebem medalhas de olimpíadas em Educação


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui