Grêmio passa por Chape e é 4º colocado

Tricolor segue no G4, agora com 62 pontos na tabela de competição

0
Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

No início da noite deste domingo, 18, o Grêmio enfrentou a Chapecoense, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Alcançou bons resultados, vencendo o time catarinense pelo placar de 2 a 0 e mantendo sua posição no G4.

O Tricolor iniciou bem a partida, impondo seu ritmo e controlando a maior parte das ações. Aos 24 minutos conseguiu abrir o marcador. Alisson cobrou uma falta da direita na medida para Cícero subir e desviar de cabeça para o fundo das redes. No minuto seguinte, o Grêmio chegou ao segundo gol, com Jean Pyerre, mas a arbitragem anulou o lance, assinalando impedimento do meia.

A segunda etapa foi mais equilibrada. O Tricolor teve boas oportunidades com Cícero e Jean Pyerre, novamente, mas o gol saiu dos pés do artilheiro gremista na temporada: Everton. Aos 29 minutos, depois de um ótimo passe de Jael, o atacante dominou e encobriu Jandrei, marcando um lindo gol na Arena.

Com o resultado, o Grêmio soma três pontos, chega a 62 e segue na quarta posição na tabela de classificação.

Primeiro Tempo

A primeira tentativa do Tricolor ao ataque surgiu com Cortez, que recebeu na esquerda, deslocou a marcação, mas quando tentou a finalização, acabou desarmado. No contra-ataque, W. Paulista saiu em velocidade e mandou a gol. Geromel cortou parcialmente, facilitando a defesa de Paulo Victor.

Aos 3 minutos, a Chape teve uma falta a seu favor da intermediária de ataque, pela meia esquerda. Canteros cobrou direto a gol e Paulo Victor afastou de soco. A bola ainda ficou viva e chegou a Elicarlos, que chutou cruzado, mas fraco, facilitando a nova defesa do goleiro gremista.

Já o Grêmio também teve uma chance em cobrança de falta. Na intermediária, pelo meio, Jean Pyerre mandou por cima da barreira, mas Jandrei conseguiu a defesa em dois toques, aos 9′.

A Chapecoense chegou novamente com Leandro Pereira, que passou pela marcação e finalizou, mas mandou mal, longe da meta. Logo em seguida, o Tricolor respondeu com uma nova falta, próximo a grande área. Alisson colocou na área, Jandrei jogou para escanteio, mas o lance já estava anulado por impedimento de Cícero, aos 14′.

Outra chegada adversária foi aos 17′. O lateral catarinense fez boa jogada pela esquerda e rolou para W. Paulista, que pegou mal e mandou a bola longe da meta gremista.

Já o Tricolor teve uma boa oportunidade com um cruzamento feito por Everton. Ele colocou na boca do gol e a defesa conseguiu cortar a escanteio. Depois da cobrança, o Tricolor rodou a bola, até que chegou novamente ao atacante. Cebolinha finalizou, mandando no centro do gol, para mais uma defesa de Jandrei.

O Grêmio foi bem novamente no lance seguinte, aos 21′. Alisson colocou na área, Geromel subiu e desviou de cabeça, mas mandou pra fora. Novamente pela lateral, mas agora pela direita, Alisson cobrou nova falta, colocando na marca penal. Cícero subiu e desviou de cabeça para o fundo das redes, aos 24′. No minuto seguinte, o Grêmio chegou ao segundo gol, com Jean Pyerre, mas a arbitragem anulou o lance, assinalando impedimento do meia.

Aos 31′, Jean Pyerre dominou em frente a grande área, deslocou Elicarlos e chutou colocado, levando muito perigo a meta defendida por Jandrei, mas infelizmente a bola passou por cima.

Depois de uma insistência no ataque, Everton chutou forte, obrigando Jandrei a jogar para escanteio, aos 39′.

Já aos 41 minutos, a Chape teve nova falta da intermediária. Canteros colocou no segundo poste, mas Michel afastou de cabeça.

O Grêmio tentou com um lançamento de Geromel para André desde o campo de defesa, mas o centroavante acabou sendo flagrado em posição irregular, nos minutos finais da primeira etapa. Na sequência, Cícero recebeu um passe e arriscou, mas mandou pra fora.

Os visitantes ainda tentaram com W. Paulista, que dominou, deslocou a marcação e chutou rasteiro, à esquerda de Paulo Victor.

Jogo finalizou aos 46′.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.

A Chape quem chegou num primeiro momento com um escanteio cobrado por Canteros no primeiro poste; a zaga gremista cortou, mas Wellington Paulista já havia cometido falta de ataque.

Já o Grêmio respondeu aos 5′, quando Alisson foi lançado na direita e cruzou, mas acabou mandando para fora. Em seguida, Léo Moura fez uma boa jogada na ponta direita, cortou o marcador e chutou de esquerda. A bola passou rente a trave.

O Tricolor teve mais uma chance em bola parada, agora aos 14′. Cícero chutou, a bola desviou em Everton no meio do caminho, foi em direção ao gol, mas Jandrei conseguiu cair para fazer a defesa. Em seguida, depois de rodar a bola, um cruzamento da direita passou por André e caiu no Cebolinha, que dominou e chutou. O arqueiro catarinense fez mais uma defesa.

Aos 15′, W. Paulista estava com a bola, não tinha opção de passe e resolveu chutar. Mandou com muito perigo, obrigando Paulo Victor a jogar a escanteio. Três minutos depois, os catarinenses chegaram com Bruno Pacheco, que colocou a bola na área, Leandro Pereira desviou de cabeça, mas por sorte, sem direção.

O Grêmio respondeu com Jean Pyerre, que fez uma boa jogada e chutou rasteiro. Jandrei defendeu em dois tempos, caindo no gramado, aos 20′.

Substituição: Saiu André, entrou Jael, aos 21′.

Da intermediária, pela meia direita, o Grêmio teve mais uma falta a seu favor. Alisson colocou no primeiro poste, a zaga afastou, mas a bola voltou para Everton, que dominou e tentou dar sequência no jogo, mas foi derrubado com falta. Alisson cobrou no meio do gol. Jandrei defendeu novamente em dois toques.

O Grêmio seguiu pressionando e aos 26′, Everton dominou e chutou de fora da área, para mais uma defesa de Jandrei.

Aos 29′, depois de um ótimo passe de Jael, Everton recebeu e encobriu Jandrei. A bola morreu no fundo das redes. Foi o segundo gol do Tricolor.

Substituição: Saiu Everton, entrou Marinho, aos 31′.

Aos 38′, a Chape tentou descontar. Bruno Silva chutou e acertou a trave gremista.

Substituição: Saiu Jean Pyerre, entrou Douglas, aos 40′.

Aos 44′, foi a vez de Bruno Silva levar perigo a meta gremista, mas mandou por sobre o gol defendido por Paulo Victor, que acompanhou a bola.

Jogo finalizou aos 48′.

 

Botafogo vence o Internacional