Redação ganha foco na última semana de aula do CPC antes do Enem

0

Às vésperas da primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cerca de 200 alunos do Curso Preparatório Comunitário (CPC) – Profº Wantuil José Carvalho Silva participaram de uma aula especial voltada à redação, principal nota da prova.  Vindos de outros sete polos espalhados pela Capital, eles concentraram no auditório da Escola Estadual Presidente Médici na terça-feira (30), aproveitando as últimas dicas de interpretação, escrita e gramática.

Na ocasião os estudantes ainda participaram de um sorteio de tablets, que deverão auxiliar seu desenvolvimento. O Curso encerra as atividades do ano letivo de 2018 com a participação ativa de mais de mil inscritos, que realizarão nos dias 4 e 9 de novembro as provas do Ministério da Educação (Mec).


É o caso do jovem, Ivoney Barros, que sonha com a aprovação no curso de Medicina. Objetivo que se torna cada dia mais próximo, graças ao conteúdo reforçado nos últimos meses, tanto presencialmente quanto na modalidade de Ensino a Distância (EAD).

Dividindo-se entre o trabalho, o cursinho e os estudos o futuro acadêmico se destacou entre os colegas obtendo o melhor desempenho no simulado realizado em sua unidade. “O CPC foi uma oportunidade para revisar as matérias que cairão na prova e isso facilitou meus estudos. Como trabalho durante o dia, aproveito as horas do curso para tirar muitas dúvidas, ouvir as explicações dos professores, aprender coisas novas e pegar dicas”, conta.

  Ladrões suspeitos de explodir caixas eletrônicos são presos em operação em Mato Grosso

De acordo com o Coordenador geral do projeto, o professor Cláudio Taques (Pardal), a metodologia utilizada é baseada nas quatro áreas do conhecimento cobradas pelo Exame: Ciências da Natureza, Ciências de Matemática, Códigos de Linguagem e Ciências Humanas e Suas Tecnologias.

“Chegamos nessa etapa depois de seis meses de muito trabalho. Percebemos a motivação dos alunos, participando, questionando e cheios de esperança. Esse projeto vem ao encontro com a proposta de humanização que o prefeito Emanuel Pinheiro tanto defende. De maneira muito assertiva e inclusiva ele solicitou que déssemos prioridade aos alunos que apresentassem maior necessidade de um reforço dando a eles a chance de concorrer de igual para igual com os outros.”

Pardal ainda lembrou que o prefeito fez o compromisso de continuar o trabalho com os jovens pelo tempo que permanecer à frente da gestão municipal. “O cursinho preparatório foi deixado de lado na gestão passada. E a retomada das atividades com essa nova proposta para os estudantes significa estímulo e dignidade com uma perspectiva de futuro”, disse.

Distribuído por diferentes localidades, o CPC contemplou jovens e adultos das quatro regiões da cidade. Além disso, pessoas com deficiência, servidores públicos e seus filhos tiveram um número reservado de matrículas, podendo estudar com conforto e segurança. Aos inscritos também foram garantidos uniformes, material didático e apostilas, tudo fornecido pela administração municipal de forma gratuita.  

 

 





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui