Sorriso: advogado é detido ao tentar entregar celular para detento

0
Polícia Civil de Sorriso

Um advogado de Sinop, cuja identidade não foi informada à imprensa, foi detido ao supostamente tentar entregar um celular para um reeducando do Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS) na manhã desta terça-feira (30).

Conforme o diretor do CRS, Enilson de Castro, o reeducando, cliente do advogado,  confirmou que recebeu, das mãos do profissional, o aparelho hoje na cadeia.

“Os advogados têm a prerrogativa de entrar portando celular, mas quando eles têm acesso à unidade o celular pessoal é recolhido junto à revisória e fica aos cuidados de um servidor. O aparelho particular dele recolhido”, contou Castro.


Porém, o advogado entrou no setor reservado para conversar com o seu cliente, que foi revistado antes e depois o procedimento. No final foi encontrado o aparelho escondido nas roupas íntimas do reeducando.

O advogado negou ter feito a entrega, mas o preso foi questionado e afirmou que o profissional lhe deu o celular.

O advogado não está detido e o caso será julgado pela Justiça.

  Metade dos profissionais do Mais Médicos em MT são cubanos e devem deixar o país




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui