Sai, uruca! Klay desencanta e quebra recorde de bolas de três em massacre dos Warriors

0

Klay Thompson vivia um verdadeiro calvário até pisar em quadra na noite desta segunda-feira, contra o Chicago Bulls. O ala-armador dos Warriors amargava a péssima marca de apenas 13.9% de aproveitamento nos arremessos para três pontos na temporada. Nada funcionava, justo no departamento que é sua especialidade. Mas diante de um dos times mais frágeis da NBA, a terceira força ofensiva do time de Oakland se agigantou para encontrar seu melhor basquete. Klay converteu nada menos que 14 bolas para três pontos, quebrando o recorde de maior número de arremessos convertidos em um só jogo, até esta segunda-feira pertencente a Stephen Curry (13), seu companheiro de time. No fim, Thompson terminou com 52 pontos no massacre dos Warriors por 149 a 124.

No total, os Warriors conectaram 24 arremessos de três pontos na partida. Não houve intervenção divina que salvasse a defesa dos Bulls, que permitiu aos Warriors um aproveitamento de 54% dos seus arremessos de quadra. Nas últimas posições do Leste, os Bulls foram à quadra sem forças como Bobby Portis, Lauri Markkanen, Denzel Valentine e Kris Dunn, todos lesionados. Foi a senha entregue para uma noite histórica dos Warriors. Curry e Durant terminaram com 23 e 14 pontos respectivamente.


O jogo

Completamente fora de sintonia nesse início de temporada, o ala-armador Klay Thompson mostrou nos primeiros minutos que estava disposto a dar um basta no momento ruim. Com apenas 13.9% de aproveitamento nos arremessos de três na temporara, o jogador dos Warriors converteu suas três primeiras bolas de longa distância.

Confiante, Thompson seguiu dominante nas ações ofensivas, terminando o primeiro período com 22 pontos. Stephen Curry e Kevin Durant também surgiram imarcáveis, e ao fim do primeiro período, a superioridade dos Warriors já era escancarada: 44 a 28.

Assim que voltou à quadra, Thompson seguiu com seu show solo. O ala-armador puniu os Bulls pelos espaços deixados na defesa, anotando mais 14 pontos no segundo quarto. Klay ia para o intervalo com incríveis 36 pontos. Até então, o astro tinha 10 bolas de três, recorde da NBA em um primeiro tempo. Diante de uma defesa tão cheia de problemas, o Golden State impôs ao Chicago uma verdadeira surra na ida para o intervalo: 92 a 50. Apenas em 1990, quando os Suns marcaram 107 pontos nos Nuggets, uma equipe conseguiu pontuar tanto num primeiro tempo.

No terceiro período, com o jogo já decidido, todas as expectativas se voltaram para a possibilidade de quebra de um recorde por Klay Thompson: o maior número de cestas de três pontos em uma partida da NBA. Curry era o detentor da honraria, com 13 cestas. E restando 4:53 para o fim do terceiro quarto, veio a cesta da quebra do recorde de Curry. Klay convertia seu 14º arremesso para três pontos, se tornando o jogador com maior número de cestas de três pontos em uma mesma partida na história da NBA. Ao fim da parcial, os Warriors venciam por 125 a 89.

No último quarto, o Golden State apenas se preocupou em dar rodagem aos seus reservas, que não tiveram problemas em administrar a larga vantagem. No fim, vitória esmagadora por 149 a 124. Com o triunfo, os Warriors somam sete vitórias e têm apenas uma derrota na temporada. São os líderes da Conferência Oeste. Pelo lado dos Bulls, o destaque ofensivo foi Zach LaVine, com 21 pontos.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui