Mais de 200 mil documentos de identificação e 10 mil laudos são emitidos pela Politec

Mais de 200 mil documentos de identificação e 10 mil laudos são emitidos pela Politec

0

As Coordenadorias Regionais da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), no interior de Mato Grosso, concluiram 10.392 laudos periciais e expediram 109.358 documentos de identidade de janeiro a setembro de 2018. No mesmo período, foram expedidos 93.147 processos de identificação criminal no interior do estado.

Na Criminalística, a maior quantidade de perícias solicitadas foram nas áreas de laboratório (exame preliminar de drogas), Balística e Patrimônio.


Na Identificação Civil, foram emitidas 60.431 primeiras vias de documentos de identidade, e 39.796 segundas vias. Dentre os documentos mais solicitados na área de Identificação Criminal, estão as certidões de antecedentes criminais, com 43.131 emissões e 17.816 cadastros de identificação criminal.

A Coordenadoria Regional de Barra do Garças, que abrange as Gerências Regionais de Barra do Garças, Água Boa e Confresa; e responde pelo atendimento destes e outros 25 municípios de Mato Grosso,  entregou 2.037 laudos em nove meses.

A Coordenadoria Regional de Cáceres, que engloba os atendimentos periciais das Gerências de Cáceres, Pontes e Lacerda e outros 16 municípios da região oeste concluiu 1.536 laudos no mesmo período.

A Politec de Rondonópolis, que é sede a Coordenadoria Regional do município e é composta pelas Gerências Regionais da Politec de Primavera do Leste e Alto Araguaia, concluiu e 2.942 laudos periciais. Além do município polo e das duas gerências regionais, a coordenadoria atende a outros 18 municípios da Região Sul.

Na Coordenadoria Regional da Politec de Sinop, polo das Gerências Regionais de Alta Floresta, Guarantã do Norte e Sorriso, r e que ainda compreende o atendimento de outros 33 municípios da Região Norte, foram finalizados 2.733 laudos periciais até setembro de 2018.

  Setor de emergência de hospital em Rondonópolis fica alagado durante chuva

A Coordenadoria Regional de Tangará da Serra, que responde pelo atendimento pericial nas Gerências Regionais de Tangará da Serra, Juína e outros 24 municípios da região, concluiu 1.324 laudos em nove meses.

O Diretor de Interiorização, Marcos Antonio Contel Secco considerava positivo o resultado do último trimestre, com a diminuição no passivo de laudos, e o cumprimento das metas planejadas. “Entendemos que o resultado se deve à dedicação dos próprios servidores, sempre sensibilizados pelos gestores locais que assimilaram as propostas da Diretoria, divulgando-as cada vez mais aumentando a sinergia. E ainda, a ajuda de outras Diretorias que estão sempre cedendo servidores para o suporte na substituição de pessoal”.

O diretor entente que as reuniões trimestrais para monitoramento da produtividade contribuem para a melhoria na gestão por resultados. “Tais reuniões tem mostrado os números de cada localidade para todos os gestores da Diretoria de Interiorização, provocando a aproximação e debate entre eles com troca de informações que contribuem na forma de gestão, promovendo assim, novas propostas a serem aplicadas a sua unidade”, destacou.

Os números da produtividade de cada diretoria estão sendo apresentados periodicamente ao Diretor Geral da Politec, Reginaldo Rossi do Carmo, em reuniões com os gestores responsáveis por cada diretoria da instituição.

O objetivo é acompanhar a situações das unidades com o intuito de proceder a ajustes ou correções necessárias para o cumprimento das metas estabelecidas no planejamento estratégico.  A reunião para a avaliação da produtividade com os gestores da Diretoria de Interiorização aconteceu na última quarta-feira (24.10).





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui