Duas pessoas foram detidas em Mato Grosso durante o 2º turno das eleições presidenciais deste domingo (28), de acordo com o 1º balanço de ocorrências do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

 


De acordo com primeiro boletim parcial divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), a detenção do comerciante ocorreu em Sapezal, município a 473 km de Cuiabá, onde a Justiça Eleitoral proibiu a venda de bebidas alcoólicas desde a meia-noite de sábado (27)

Segundo o TRE, o comerciante insistia em vender bebida alcoólica mesmo com a determinação judicial.

A segunda detenção foi de uma eleitora em Cuiabá. Uma mulher foi flagrada tirando foto da urna onde ela votava, no Ganha Tempo da Avenida Tenente Coronel Duarte (Prainha), no Centro de Cuiabá. A prática viola o sigilo do voto e considerado crime.

Ambos foram levados para a Polícia Federal.

Ainda de acordo com o boletim, o TRE registrou falta de energia em 10 localidades de Mato Grosso.

Das 10 localidades, duas tiveram o fornecimento reestabelecido.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui