A Prefeitura de Lucas do Rio Verde concluiu nesta semana, a execução da terraplenagem e reforço do solo, do local onde será construído o Fórum Trabalhista de Lucas do Rio Verde.

O serviço faz parte do termo de cooperação técnica entre a Prefeitura e o Tribunal Regional do Trabalho 23ª Região, que foi firmado no dia 04 de setembro deste ano. A administração pública ficou responsável de disponibilizar o maquinário, ferramentas, mão de obra e material (solo) para a execução da terraplenagem e compactação do solo.


Para a execução do trabalho, o TRT ficou responsável de fornecer 35.000 litros de óleo diesel, a criação dos projetos de escavações e terraplenagem, além de acompanhar os serviços realizados.

O terreno destinado à construção do Fórum Trabalhista de Lucas do Rio Verde, foi doado pelo Município e está localizado na Avenida Rio de Janeiro, no prolongamento da Avenida Brasil. A área possui 2.000 m².

Secretário de Infraestrutura e Obras, Gerson Franke

“Esse trabalho, é um compromisso do prefeito Binotti tanto com a sociedade como com o judiciário. Sem dúvida nenhuma, essa obra colaborará com os munícipes que poderão ter melhor acesso a essas instituições, em um lugar mais moderno e adequado para o atendimento” disse o secretário de Infraestrutura e Obras, Gerson Franke.

A nova sede do Fórum Trabalhista de Lucas do Rio Verde terá uma área de aproximadamente 1.800 metros quadrados, e custará cerca de R$ 4 milhões. Conforme o secretário, para o próximo mês, o judiciário deve lançar a licitação, com início da obra o mais breve possível.

  Primeira-dama lidera projeto voluntário para cuidar e revitalizar canteiros e rotatórias

 

VÁRIOS CASOS

Apesar de contar com uma população relativamente pequena (61.515 habitantes, segundo dados do IBGE de 2017), Lucas do Rio Verde sedia a unidade trabalhista mato-grossense com a maior movimentação processual no estado. Só no ano passado foram cerca de 2,6 mil novos processos, o que coloca a unidade como a única em Mato Grosso a pertencer ao Grupo 7, classificação que abriga as varas com maior volume de processos em todo país, com média trienal superior a 2,5 mil processos.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui