Cerca de 30 venezuelanos vão para a Bahia com emprego garantido

0

Cerca de 30 venezuelanos que solicitaram refúgio e residência temporária no Brasil estão sendo levados hoje (25) de Boa Vista (RR) a Salvador (BA). De acordo com autoridades brasileiras, eles chegarão à capital baiana com vagas de trabalho ou empregabilidade já sinalizadas.

É a primeira vez que o processo de interiorização é feito com a garantia de uma vaga no mercado de trabalho no local de destino. As vagas foram obtidas graças a uma parceria do governo com a Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSI), que fez contato prévio com empresas interessadas em mão de obra estrangeira qualificada.


O deslocamento até a capital baiana está sendo feito em uma aeronave C-99, da Força Aérea Brasileira (FAB). A expectativa é de que o pouso na Base Aérea de Salvador ocorra às 14h45. Dos 30 imigrantes, cinco ficarão na capital. Os demais seguirão para o município de Alagoinhas, localizado a cerca de 120 km de Salvador. Lá, serão empregados em uma indústria do ramo de bebidas.

  Promotores ouvem João de Deus pela terceira vez

Outros 14 venezuelanos serão enviados aos municípios de Florianópolis e Chapecó, em Santa Catarina, onde ficarão nas casas de parentes que já residem no local. Nesse caso, o deslocamento será feito por meio de voos comerciais custeados pela Organização Internacional para as Migrações (OIM).

De acordo com a Casa Civil, mais de 2,8 mil venezuelanos já participaram do programa de interiorização. A adesão a esse benefício só é feita após a assinatura de um termo de voluntariedade junto à OIM.

Edição: Lílian Beraldo