Cerca de 30 venezuelanos vão para a Bahia com emprego garantido

0

Cerca de 30 venezuelanos que solicitaram refúgio e residência temporária no Brasil estão sendo levados hoje (25) de Boa Vista (RR) a Salvador (BA). De acordo com autoridades brasileiras, eles chegarão à capital baiana com vagas de trabalho ou empregabilidade já sinalizadas.

É a primeira vez que o processo de interiorização é feito com a garantia de uma vaga no mercado de trabalho no local de destino. As vagas foram obtidas graças a uma parceria do governo com a Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSI), que fez contato prévio com empresas interessadas em mão de obra estrangeira qualificada.


O deslocamento até a capital baiana está sendo feito em uma aeronave C-99, da Força Aérea Brasileira (FAB). A expectativa é de que o pouso na Base Aérea de Salvador ocorra às 14h45. Dos 30 imigrantes, cinco ficarão na capital. Os demais seguirão para o município de Alagoinhas, localizado a cerca de 120 km de Salvador. Lá, serão empregados em uma indústria do ramo de bebidas.

  Conferência Ibero-americana discutirá mudança climática e refugiados

Outros 14 venezuelanos serão enviados aos municípios de Florianópolis e Chapecó, em Santa Catarina, onde ficarão nas casas de parentes que já residem no local. Nesse caso, o deslocamento será feito por meio de voos comerciais custeados pela Organização Internacional para as Migrações (OIM).

De acordo com a Casa Civil, mais de 2,8 mil venezuelanos já participaram do programa de interiorização. A adesão a esse benefício só é feita após a assinatura de um termo de voluntariedade junto à OIM.

Edição: Lílian Beraldo