Agente prisional morre vítima de infarto fulminante em Mato Grosso

0

A agente prisional Wagna Pereira, de 39 anos, morreu nesta quarta-feira (24), vítima de um infarto fulminante na cidade de Aragarças na divisa com Barra do Garças (a 503 quilômetros de Cuiabá), local onde estava para visitar o pai e empresário, Jota Laires.

De acordo com informações locais, ela já teria passado mal durante a semana em Cuiabá e se consultou com um médico. Na cidade de Barra do Garças, onde visitava o pai, ela sentiu dores na região do peito e estômago.


Wagna foi socorrida e encaminhada para o Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu e foi a óbito. Ela atuava como agente prisional na Penitenciária Central do Estado (PCE). Seu marido também seria servidor. O velório e enterro acontecem na cidade de Aragarças.

  Foragido da justiça cai de andaime e é preso ao receber atendimento médico em hospital





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui