Não é incomum que as pessoas mantenham-se em relacionamentos insatisfatórios por terem medo de como a vida será após o término. Porém, segundo um estudo realizado pela Universidade de Utah, existe uma razão ainda mais forte para que permaneçamos em relações infelizes.

Essa razão é o medo de fazer com que o outro sofra. Para os estudiosos, as próprias necessidades podem ficar em segundo lugar para muitos. “Quanto mais dependente da relação você acreditar que seu parceiro seja, mais difícil será para conseguir terminar o relacionamento”, explica Samantha Joel, autora do estudo em entrevista ao Eurekalert.


Segundo Joel, ao percebermos que nosso parceiro está extremamente envolvido na relação, optamos por deixar as coisas como estão na esperança de que tudo irá melhorar. Entretanto, precisamos tomar cuidado, pois não sabemos se estamos superestimando o quanto a outra pessoa está envolvida de fato na relação.

O que mais pode manter uma relação infeliz

Outros fatores como o tempo, esforço e emoções colocadas na relação também exercem influência na hora de decidir continuar ou não com a pessoa. Se ficar sozinho aparenta ser pior do que estar acompanhado pelo parceiro, a tendência é que a pessoa mantenha o relacionamento.

  6 passos para crescer profissionalmente e se tornar líder em 2019




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui