Cadeia feminina leva testes rápidos e orientações de saúde a reeducandas

Cadeia feminina leva testes rápidos e orientações de saúde a reeducandas

0

O mês de outubro é dedicado a incentivar as mulheres na prevenção das doenças e conscientizá-las sobre a importância dos exames. Na unidade prisional feminina de Rondonópolis, as 153 custodiadas passaram nesta quarta-feira (23.10), por testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C.

A ação foi uma parceria da Cadeia Feminina com a Prefeitura Municipal, com apoio de 12 servidores públicos e seis agentes de saúde do programa Saúde da Família do bairro Ypê.


Segundo a médica da unidade prisional, Cassiane Lugly o exame é feito por meio de uma gota de sangue retirada do dedo, e o resultado sai em cerca de meia hora. “O objetivo da ação, portanto, é conhecer o estado sorológico dessas detentas, oferecer orientação e assistência necessárias”.

De acordo com a diretora da unidade prisional, Silvana Lopes, a ação contribui positivamente para a saúde física e mental das reeducandas. “Buscamos sempre proporcionar o cuidado integral às mulheres presas e essa ação tem, justamente, esse objetivo. Esses serviços proporcionam a melhoria na qualidade de vida delas, colaborando para sua ressocialização”.

  Motociclista morre após bater na traseira de caminhão quebrado em Mato Grosso




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui