Brasil cria área de proteção contra aftosa na fronteira com a Venezuela

0

Para evitar a contaminação do rebanho no País, o governo federal criou uma área de proteção contra a febre aftosa na fronteira entre Brasil e Venezuela, no município de Pacaraima (RR). O território brasileiro é reconhecido internacionalmente como livre da doença, mas o venezuelano, não.

Sem data para encerrar, a medida deve existir enquanto a Venezuela avança no controle e na erradicação da febre aftosa.


Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a vacinação em Pacaraima é feita pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO), que coordena a operação Agulha Oficial. Os animais também passaram a ser identificados individualmente, por meio de brincos numerados.





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui