PT e PSDB caminham para o mesmo lado em Mato Grosso

0
Por Fablicio Rodrigues/ALMT

A eleição de Mauro Mendes (DEM) ao governo do Estado pode transformar a Assembleia Legislativa em palco de um fenômeno raro no país: o nascimento de uma bancada que reúna petistas e tucanos. Com dois deputados eleitos, cada, os partidos foram oposição ao democrata nas eleições deste ano e tudo indica que permanecerão assim a partir de 2019.

 


Com os tucanos, Mauro Mendes – cuja coligação elegeu somente 9 dos 24 deputados estaduais – já tentou contato. O governador eleito ligou para Wilson Santos, atual líder do governo Pedro Taques (PSDB), derrotado nas urnas. Ouviu do tucano que ele foi reeleito para ser um parlamentar de oposição. “A população me elegeu para ser oposição, uma oposição limpa. Vou fazer esse trabalho”, disse Wilson.

 

Do mesmo partido, o também reeleito Guilherme Maluf afirma que ainda não definiu seu posicionamento na Assembleia a partir do ano que vem. Ponderou apenas que buscará ter um relacionamento harmônico com o governo.

 

Do lado do PT, a postura também ainda não está fechada. Eleito deputado, Lúdio Cabral disse que a prioridade do partido agora é a disputa em 2º turno pela Presidência da República. Ex-vereador por Cuiabá, ele já tem, no entanto, histórico de oposição ao democrata. Disputou contra Mauro Mendes o comando da prefeitura, em 2012.

  PGR pede prorrogação de inquérito contra Aécio Neves no Supremo

 

No pleito deste ano, o PT apoiou o projeto de Wellington Fagundes (PR) ao governo do Estado. Além disso, o deputado reeleito, Valdir Barranco, faz parte da ala de oposição ao governo Taques.

 

A maioria dos eleitos e reeleitos, no entanto, sustenta que terá uma postura de independência. Também do grupo de Taques, Max Russi e Dr. Eugênio, ambos do PSB, dizem que a intenção é promover embates propositivos. “Não é nosso estilo ficar batendo em governador só por pirraça. Se o Mauro fizer pelo Estado, terá meu apoio”, disse Max.

 

Deputados de primeira viagem, Elizeu Nascimento e Ulysses Moraes foram liberados pelo DC atuar como acharem conveniente e, segundo Nascimento, a tendência é se manterem independentes. “Vamos buscar fazer um mandato propositivo. Se houver coisas erradas, estaremos prontos para fiscalizar também”.

 

Até entre os filiados a legendas que já decidiram de que lado estarão, o discurso é parecido. Enquanto o PV já apontou que fará parte da base governista, o eleito Faissal Calil diz que deve se manter independente. “Não dá para ser base sempre. Se houver algo errado, nós vamos para o embate como sempre fiz. Se houver bons projetos para Mato Grosso, nós vamos apoiar”.

 





| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

WP_Post Object
(
    [ID] => 760222
    [post_author] => 1
    [post_date] => 2018-10-14 12:00:00
    [post_date_gmt] => 2018-10-14 16:00:00
    [post_content] => 

Representantes dos Conselhos Municipais participaram nesta quinta-feira (11), de uma reunião promovida pela Secretaria de Governo por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado (PDI) em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre o projeto de Incentivo ao acesso à informação e a consciência cidadã, a fim de efetivar a execução de políticas públicas para o Município. 

Cuiabá, de acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, conta com 35 Conselhos Municipais formados por cerca de 800 conselheiros.

O evento teve como objetivo reforçar nos conselheiros a importância que cada Conselho possui dentro da administração Municipal e sedimentar nesses integrantes, a importância do acesso às informações para amplo conhecimento do que vem sendo executado pelo Poder Público, além da proposição de novas ações. “A nossa intenção é incentivar a participação dos conselheiros na elaboração de ações que permitam mais transparência da gestão pública e estimular o controle social”, destacou o diretor de Orçamento da Secretaria Municipal de Planejamento, Charles Zandonato. 

Os Conselhos de Políticas Públicas, enquanto instrumento de controle social e participação democrática, foi ainda o tema abordado pela secretária de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania do TCE, Cassyra Vuolo. Segundo ela, a proposta dessas reuniões, que estão ocorrendo em todo estado, é por meio de um diálogo com a sociedade local, mostrar as linhas gerais do Planejamento Estratégico e incentivar a participação de todos, bem como o controle social, fiscalizando o cumprimento do que for definido como prioridade para cada município.

“O conselheiro é um agente público de fundamental importância no processo de elaboração do Plano Estratégico do Município. Os membros dos Conselhos devem se sentir como membros articuladores da construção de políticas públicas efetivas que contribuam com a construção do PDI”, esclareceu Cassyra.

 

CONSELHOS MUNICIPAIS - Os conselhos municipais, formados por representantes da Prefeitura e da sociedade civil, contribuem para a definição dos planos de ação da cidade, por meio de reuniões periódicas e discussões. Cada conselho atua de maneira diferente, de acordo com a realidade local e com a sua especificação. Dentre as suas atribuições inclui-se a defesa dos direitos dos cidadãos.

Os conselhos funcionam como organização capaz de estreitar a relação entre o governo e sociedade civil a partir da participação popular em conjunto com a administração pública nas decisões regentes na sociedade. Um exercício de democracia na busca de soluções para os problemas sociais, com benefício da população como um todo. 

O número de Conselheiros, ou membros titulares varia de acordo com o tipo de Conselho, mas a sua composição é paritária e definida por decreto. Cada conselho é estabelecido a partir de um projeto de lei, na qual deverá conter as suas competências e representantes, entre outras informações. O mandato e os representantes também variam de acordo com o conselho.

 

 

 

[post_title] => Conselheiros municipais participam de reunião para avaliação do Planejamento Estratégico da Capital [post_excerpt] => [post_status] => publish [comment_status] => open [ping_status] => closed [post_password] => [post_name] => conselheiros-municipais-participam-de-reuniao-para-avaliacao-do-planejamento-estrategico-da-capital [to_ping] => [pinged] => [post_modified] => 2018-10-14 12:00:00 [post_modified_gmt] => 2018-10-14 16:00:00 [post_content_filtered] => [post_parent] => 0 [guid] => https://www.cenariomt.com.br/?p=760222 [menu_order] => 0 [post_type] => post [post_mime_type] => [comment_count] => 0 [filter] => raw )