PPS deve assumir oposição, diz Roberto Freire

0

O PPS anunciou hoje (9) que pretende ficar na oposição do próximo governo, independentemente da eleição do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, ou do PT, Fernando Haddad. O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, via conta pessoal no Twitter, disse que o partido deve defender as reformas e seguir lutando pelo respeito à Constituição.

“Posso lhe adiantar que, pelo Brasil democrático, defendo que o PPS não apoie nenhum dos dois contendores nesse segundo turno. E se posicione desde logo como oposição responsável, respeitando a Constituição de 88 e lutando pelas reformas, seja qual for o presidente eleito.”

Amanhã (10), em Brasília, a Comissão Executiva Nacional do PPS se reúne para fazer um balanço do resultado das eleições e definir o posicionamento do partido na última fase da eleição presidencial.

Edição: Davi Oliveira

  Temer prevê transição tranquila para o próximo governo