Unesp lança propostas para combater déficit financeiro

0

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) lançou um plano para combater seu déficit financeiro, que atingiu R$ 230 milhões em 2017, e que deverá chegar a R$ 300 milhões até o fim de 2018. De acordo com a universidade, a intenção não é diminuir o número de vagas hoje ofertadas pela instituição.

No entanto, o plano prevê a redução dos atuais 37 centros administrativos da universidade a 12 centros de serviços compartilhados (CSC), locais ou regionais, “com redução de custos operacionais e melhor aproveitamento dos sistemas institucionais, visando agilidade e efetividade nas ações administrativas, sem demissões”. A proposta da universidade sugere ainda a eliminação ou a reformulação do vestibular no meio do ano, e a avaliação da manutenção do oferecimento de cursos “com baixa procura e de altos índices históricos de evasão”.

“A proposição dessas ações não mira o ‘corte’ ou o ‘fechamento’ de cursos. Pelo contrário. O plano é manter as mais de 7 mil vagas hoje ofertadas pela universidade em 24 cidades paulistas”, destacou a universidade, em nota.

A Unesp é hoje a universidade com mais capilaridade no estado de São Paulo e abriga cerca de 53 mil estudantes de graduação e pós-graduação. O plano já foi apresentado aos órgãos colegiados da universidade e, segundo a instituição, será debatido com toda a comunidade da Unesp.

  SUS vai oferecer novo medicamento contra hepatite C

Edição: Davi Oliveira