Dono de algodoeira é preso em MT por furtar energia que abasteceria cidade por 2 meses

0
Foto: Energisa/Divulgação

O dono de uma algodoeira em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, foi preso na terça-feira (2) por furto de energia. Segundo a concessionária de energia, a empresa estava com a rede elétrica ligada diretamente na rede de distribuição.

Ao todo, ele estava furtando aproximadamente 720 MWh de energia. O número seria suficiente para abastecer o município de São Pedro da Cipa, a 149 km de Cuiabá, por dois meses.

O furto teria gerado prejuízo de R$ 430 mil, sendo que R$ 117 mil seriam de arrecadação de ICMS do estado.

O proprietário, que não teve a identidade divulgada, deve responder por furto qualificado de energia elétrica. Além de responder criminalmente, ele terá que pagar o consumo desviado desde o dia em que fez a ligação direta.

O gerente do estabelecimento também foi conduzido para prestar esclarecimentos.

A prisão ocorreu em uma operação conjunta realizada pela Polícia Civil, Perícia Oficial e Identificação Técnica e a Energia, concessionária de energia elétrica.

  Fiéis tentam construir igreja em formato de Nossa Senhora Aparecida em Cuiabá há 16 anos




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui