Sorriso (MT) e Sapezal (MT) são os municípios com maior valor de produção

0

Pelo terceiro ano consecutivo, Sorriso (MT) teve o maior valor de produção agrícola, com R$ 3,3 bilhões, uma alta de 2,4% em comparação a 2016. Esse total foi dividido basicamente entre soja (65,9%), milho (27,2%), feijão (3,4%), algodão herbáceo (2,8%) e arroz (0,4%). O município deteve 1,0% de participação no total do valor da produção do país.
 
Dos 1,2 milhão ha de área colhida em 2017 nessa localidade, mais da metade (51,4%) era soja, um aumento de 0,8% frente ao ano anterior. Foram colhidos 2,2 milhões t de soja, 21,8% a mais que em 2016. O milho atingiu 3,8 milhões t, 109,4% superior a 2016, porém registrou valor de produção 0,2% inferior. O feijão teve redução de 56,9% no valor e alta de 49,2% na produção, assim como o algodão herbáceo, com queda de 20,7% no valor e crescimento de 5,2% no volume.
 
Sapezal (MT), mesmo com queda de 6,1%, foi o segundo município em valor de produção, com um total de R$ 2,6 bilhões. Nessa localidade, foram colhidas 595,3 mil t de algodão herbáceo (em caroço), que geraram R$ 1,3 bilhão, uma alta de 15,4% frente a 2016. A soja e o milho somaram, respectivamente, R$ 952,8 milhões e R$ 323,5 milhões, uma redução de 25,9% e 8,7%, respectivamente.
 

  ABATE DE SUÍNOS SOBE NA COMPARAÇÃO COM O 3º TRIMESTRE DE 2017