Pedro Taques mostra história de pessoas que voltaram a enxergar com a Caravana da Transformação

0

Candidato à reeleição, o governador Pedro Taques (PSDB) mostrou o resultado e defendeu a Caravana da Transformação no programa eleitoral gratuito desta quarta-feira (12.09). O programa criado na gestão Taques realizou quase 70 mil cirurgias oftalmológicas e atendeu cerca de 350 mil pessoas em diversos serviços.
“Quase 10% da população do Estado passou pela Caravana da Transformação. São 350 mil pessoas atendidas, quase 70 mil cirurgias. Eram pessoas que estavam esquecidas e nós lembramos delas”, disse o governador.
Para mostrar a importância e alcance social da Caravana, a propaganda de Taques contou a história de Jurema dos Santos. Moradora de Porto Alegre do Norte, foi operada na sexta edição da Caravana, que foi realizada no município onde ela mora em abril de 2017.
Jurema conta que aos 14 anos foi diagnosticada com catarata congênita e teve que parar de estudar. Filha de pescadores, nunca teve condições de ter um tratamento adequado. Aos 31 anos, depois de 16 na escuridão, conseguiu fazer a operação na Caravana e voltar enxergar.
“Depender das pessoas é horrível, você pedir uma coisa e a pessoa não querer te ajudar. Eu nem gosto muito de falar dessas coisas. Cheguei aqui, passou uns seis meses, e o pessoal da Caravana veio. Graças a Deus eu fui lá, fiz os exames, o médico falou que ia operar, que ia dar certo. Ali mesmo eu já comecei a choradeira”, contou Jurema.
A partir de então a vida de Jurema mudou. Ela contou que depois de 16 anos voltou a estudar e pode fazer tudo que não fazia antes. “Graças a Deus, graças ao Pedro Taques, eu estou aqui conversando com vocês agora, contando a minha história”.
Criada em 2016, a Caravana da Transformação realizou quase 70 mil cirurgias oftalmológicas de catarata, pterígio e yag laser. No total, foram realizadas 14 edições nas cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Cáceres, Barra do Garças, Alta Floresta, Juína, Canarana, Porto Alegre do Norte, Peixoto de Azevedo, Jaciara, São José dos Quatro Marcos e Barra do Bugres.
Usando o conceito de “estado sobre rodas”, o governador levou serviços essenciais e urgentes para todas as regiões de Mato Grosso. Em toda edição uma superestrutura era montada na cidade oferecendo os serviços de cidadania e também de saúde. Carretas com equipamentos modernos e centros cirúrgicos eram levadas para as cidades. Depois de passarem por exames e consultas, se aptos, os pacientes eram operados.
O programa ainda teve o depoimento de mais três pessoas que operaram na Caravana. O pequeno produtor rural Neildil da Silva contou que, devido a catarata, já não conseguiu mais ver as feições dos filhos e que isso mudou depois da Caravana.
Manoel Filho, prestador de serviços, afirmou que, com a visão reestabelecida, já tem planos de voltar a estudar. E a aposentada Lozenil de Oliveira agradeceu a Pedro Taques por ele ter trazido a Caravana para Mato Grosso.
Taques promete continuar com o projeto de regionalização da saúde, dando apoio aos hospitais municipais e revitalizando dos Hospitais Regionais existentes. Ele também já assumiu o compromisso de continuar e ampliar os serviços oferecidos na Caravana da Transformação.