Com 6.902 registros, Mato Grosso é o Estado com maior número de focos de calor

0

Com o registro de 6.902, Mato Grosso lidera o ranking com maior número de focos de calor dos Estados da Amazônia Legal. Os dados foram contabilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE), entre 1º de janeiro e 12 de agosto. Segundo relatório, o estado fica a frente de Tocantins (3.648), Maranhão (3.343) e Pará (2.876).
 
Mato Grosso enfrentou dias ensolarados, com tardes quentes e índices críticos de umidade, como é comum nesta época do ano. O tempo extremamente seco favorece a proliferação de queimadas e também coloca o Estado no 4º lugar na taxa de focos de calor por unidade de área (km²). Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve uma redução de 40,95%, já que em 2017, Mato Grosso contabilizou 2.299 focos.  
 
Segundo o Corpo de Bombeiros, 75,96% dos focos de calor registrados no período encontram-se fora de unidades de conservação, terras indígenas, projetos de assentamento e região metropolitana, sendo provenientes de propriedades privadas e outras propriedades.
 
A grande maioria dos focos de calor no estado de Mato Grosso se encontra nas propriedades privadas e afins, representando 76,96%. O restante é distribuído em Projetos de Assentamento (3,96%), Terras Indígenas (17,56%), Unidades de Conservações Federais (0,12%), Estaduais (1,27%), Municipais (0,19%) e região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (1,13%).

  Governo de Mato Grosso promete pagar 90% dos servidores na segunda-feira