Prefeitura de Lucas do Rio Verde nega pagamento de ‘premiação’ para empresa investigada

Luiz Binotti teria sido citado em uma lista de empresas denúncias pelo Ministério Público

0

Um comércio de diplomas de mérito para vereadores, prefeitos e secretários municipais está sendo investigado pelo
Ministério Público do Rio Grande do Sul. Políticos são suspeitos de usarem recursos públicos para conquistarem as premiações. As empresas que fornecem os prêmios são a União Brasileira de Divulgação, ou UBD, de Pernambuco, e o Instituto Tiradentes, de Minas Gerais. Juntas, as duas instituições promovem até 20 premiações por ano.
 
Na lista de seleção feita pela própria UBD, consta 19 prefeitos de cidades do Mato Grosso que teriam sido selecionados como os “100 melhores gestores do Brasil”, entre eles o Prefeito de Lucas do Rio Verde, Luiz Binotti (PSD).
 
Em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, foi esclarecido ao CenárioMT que nem o ‘gestor e nem a prefeitura realizaram o pagamento de premiação’.
 
Na matéria do Fantástico, fica claro que muitos prefeitos usavam dinheiro público para pagar esse prêmio, além de custear as viagens para recebê-lo com dinheiro dos contribuintes.
 
JUMENTO
A denúncia apresentada pelo Fantástico, da Rede Globo, ganhou grande repercussão, depois que a reportagem conseguiu que um jumento fosse premiado, comprovando a total falta de critérios para as homenagens.

  Radialista e família São encontrados




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui