Série D: Marcelinho Paraíba quer título no Treze para coroar superação

Meia-atacante supera problema de saúde grave e tem a chance de encerrar o ano com campeonato que ainda não conquistou ao longo da gloriosa e extensa carreira

0

Marcelinho Paraíba é tão identificado com o estado onde nasceu que teve o gentílico adicionado ao próprio nome. Filho de Campina Grande, o meia-atacante deu os primeiros passos da carreira no Campinense-PB, no distante ano de 1992. Hoje, aos 43 anos e após destacar-se pelo mundo, incluindo conquistas no continente europeu e passagem pela Seleção Brasileira, o atleta tem a oportunidade de prestar mais um serviço ao povo da sua cidade, desta vez pelo Treze-PB. O Galo da Borborema está na final da Série D do Campeonato Brasileiro e Marcelinho é o grande astro do time em busca do título inédito.
Campeão da Copa do Brasil em 2001, pelo Grêmio, e de duas Copas da Liga Alemã, em 2001 e 2002 pelo Herta Berlin-ALE, Marcelinho vê nesta ocasião a chance de conquistar o primeiro campeonato nacional da carreira. Em entrevista ao site da CBF, ele destaca que se o título vier, será uma oportunidade de retribuir o carinho que recebe do torcedor trezeano.
– Tenho uma carreira, graças a Deus, muito vitoriosa, conquistei títulos onde passei, mas é a primeira final de um brasileiro, né? Estou bastante ansioso, mas tranquilo e confiante. Estamos no caminho certo, a equipe está bastante entrosada e, se Deus quiser, vamos em busca dessa conquista. Meu sentimento é o melhor possível. Não é todo dia que você disputa uma final, conquista um título. Essa torcida do Treze merece muito. Nos últimos anos o torcedor sofreu bastante, tivemos algumas derrotas, mas este ano está sendo maravilhoso, já conseguimos um grande feito, que é colocar a equipe na Série C do próximo ano. Agora estamos na final, tenho certeza que a torcida está muito alegre, como nós jogadores também, e se Deus quiser, vamos coroar aí com o título – afirmou.

Além da identificação com a cidade natal e o carinho do torcedor, Marcelinho Paraíba também tem o bom momento pelo Treze como conquista pessoal. Em março deste ano, o jogador sofreu um AVC (acidente vascular) isquêmico e precisou se afastar do futebol por quase um mês. O atleta chegou a ficar dois dias internado, mas voltou antes do tempo de recuperação previsto pelos médico e não teve sequelas. O troféu da Série D viria para brindar o momento de superação.
– Por eu ser de Campina Grande, conquistar um título de Campeonato Brasileiro com o Treze, vai representar muito. Também tive um problema de saúde, mas graças a Deus me recuperei bem e voltei a jogar rapidamente também. Depois tive problemas pessoais, mas foi tudo superado, resolvido, e hoje estou muito feliz por estar numa final de Brasileiro. Quero dar o título para a torcida que tem sempre me apoiado – acrescentou.
Interminável, Imortal e até Highlander (O Guerreiro Imortal). Estes são alguns dos apelidos que Marcelinho Paraíba ganhou por seguir no mundo da bola aos 43 anos. Com a vontade de um garoto, o meia-atacante admite que está chegando a hora de encerrar a gloriosa carreira, mas revela querer jogar um pouco mais antes de pendurar as chuteiras.
– É lógico que a gente pensa, imagina. Uma hora vou ter que parar. Já tenho 43 anos, está bem pertinho para que isso aconteça, mas no momento não estou pensando em parar. Pretendo jogar mais um pouco, estou feliz por estar conseguindo render para o clube, para o grupo, e continuarei jogando enquanto estiver sendo útil. Espero poder dar muitas alegrias ainda para a torcida do Treze e principalmente agora, se Deus quiser, com o título brasileiro – finalizou.
O primeiro capítulo da busca de Marcelinho pelo título da Série D do Campeonato Brasileiro 2018 começa nesta segunda-feira (30), às 19h15 (de Brasília), no Castelão, em Fortaleza (CE). O Treze faz o duelo de ida da decisão diante do Ferroviário-CE. A volta está marcada para o sábado (4), às 18h30 (de Brasília), no Amigão, em Campina Grande (PB).

  Seleções do Brasil e da Argentina jogam hoje na Arábia Saudita




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui