Homem é preso após confusão com recepcionista de Posto de Saúde em Lucas do Rio Verde

0

Um homem de 34 anos foi preso na noite de ontem (29) após xingar um atendente de PSF e bater nos móveis do local. O fato ocorreu no PSF Central de Lucas do Rio Verde.
 
Segundo consta no boletim de ocorrência, a polícia foi acionada pela vítima que se sentiu ameaçada pelo suspeito. No local, os PMs encontraram o homem bastante exaltado do lado de fora do posto. Muito bravo, o próprio suspeito confessou que xingou o recepcionista com palavras de baixo calão.
 
A vítima disse aos militares que o homem teria levado o filho para atendimento médico e teria ficado nervoso após ter sido orientado a ficar calmo. Batendo nos móveis e eletrônicos da recepção, o suspeito teria obrigado o atendente a sair da recepção para evitar agressão física.
 
Diante dos relatos, o homem recebeu voz de prisão, sendo encaminhado para delegacia de Polícia Civil.
 
Embora o CenárioMT não divulgou os nomes dos envolvidos, por questões de ética, deixamos em aberto nosso canal para que, quaisquer uma das partes envolvidas, possam expressar sua versão dos acontecimentos.

 
 

Nota Saúde

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que de acordo com relato dos profissionais do Posto Central e do próprio Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar, o cidadão citado já teria chego a unidade de saúde alterado e já desacatando o funcionário da recepção, antes mesmo do registro do paciente .

Conforme o sistema da secretaria de saúde o paciente passou pela triagem e classificado como amarelo (sem risco imediato) e foi solicitado que aguardasse a chamado do médico. Após 26 minutos aguardando, o cidadão se alterou novamente com o recepcionista, momento que a Polícia Militar foi acionada, pois além de agressão verbal, ele começou a bater nos móveis e eletrônicos da recepção.

Em seguida, o cidadão saiu da unidade de saúde com o menor e retornou por volta das 22h14, sem a criança, que não recebeu atendimento. Com a chegada da polícia e do Conselho Tutelar o cidadão voltou a se alterar e foi ouvido pelas autoridades e encaminhado ao Batalhão de Polícia.

A Secretaria de Saúde informa que em nenhum momento houve desrespeito ao cidadão, e que todo o procedimento enquanto o paciente estava no local foi realizado.

  CMDCA divulga resultado do edital do Fundo da Infância e Adolescência




1 COMENTÁRIO

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui