Ladrões rendem policiais e fogem levando pistola e carabinas

0
Ao monitorar criminosos que estariam planejando um ataque a banco no município de Juruena (880 km a noroeste de Cuiabá), quem acabou surpreendido foi um grupo de policiais do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra) que foi rendido, ficou na mira dos bandidos e ainda teve 3 armas subtraídas pelos ladrões.

O fato foi registrado na noite deste sábado (28), quando pelo menos 4 criminosos renderam 3 policiais que estavam à paisana em um veículo.
Depois de fazerem ameaças, os ladrões fugiram levando uma pistola ponto 40 e duas carabinas Taurus, espécie de submetralhadora, todas pertencentes aos policiais civis de Juína (735 Km a noroeste de Cuiabá).
Por outro lado, alguns equipamentos dos criminosos que seriam utilizados para cortar os caixas eletrônicos, foram apreendidos.
Em consequência disso, reforço policial foi solicitado e uma força tarefa vasculha uma região de mata entre Juruena e Juína à procura dos criminosos. A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) enviou para a região homens da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). A ordem é fechar o cerco contra os assaltantes.
Conforme apurou o Gazeta Digital, os policiais monitoravam 6 suspeitos que estariam planejando um furto aos caixas eletrônicos em Juruena. No entanto, durante a noite, os policiais que não utilizavam fardas foram surpreendidos por 4 bandidos com armas curtas.

“A Polícia conseguiu pegar um informante e um corola com materiais para o arrombamento. Ainda não foram localizados os suspeitos que estão num Fiesta preto, Strada banco e um Ford Ka branco”, diz trecho de uma mensagem postada por policiais num grupo de WhatsApp composto por agentes da segurança pública, à qual a reportagem teve acesso.

  Governo revê decisão e horário de verão começará no início de novembro




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui