Bazar do Bem do TCE é aberto pela 1ª vez ao público externo

0
Pela primeira vez desde 2013, quando o Tribunal de Contas passou a realizar o Bazar do Bem, o evento será aberto ao público externo tanto para doação quanto para a compra dos produtos. O objetivo é destinar os recursos arrecadados com o comércio de mercadorias doadas pelos servidores para ações sociais. A iniciativa partiu da demanda de amigos e familiares dos servidores do TCE-MT, que mostravam a cada ano mais desejo de participar. Outro motivo foi a ampliação do número de instituições que serão beneficiadas com a renda do comércio dos produtos.
Segundo a assessora do Núcleo de Qualidade de Vida e do Trabalho (NQVT) do TCE-MT, Conceição de Moraes Pinto Piva, em 2018 a coordenação do Bazar do Bem se uniu com o Grupo de Voluntariado da Corte de Contas para expandir o evento e beneficiar diversas entidades que serão atendidas de acordo com um cronograma previamente estabelecido. A renda do próximo Bazar do Bem, a ser realizado nos dias 14 e 15 de agosto, será destinada à Casa da Mãe Joana, uma instituição que acolhe e apoia portadores de HIV.
Em todos esses anos de existência, o Bazar do Bem, com três edições ao ano, vem apoiando quase que exclusivamente a Ala Pediátrica do Hospital Universitário Júlio Muller. Segundo a pedagoga Valéria Melli, coordenadora da Classe Hospitalar do HUJM, o dinheiro doado pelo TCE é usado em projetos de recuperação da saúde e relação social para as crianças que frequentam a unidade de saúde, principalmente aquelas com hospitalizações prolongadas.
Esses recursos permitem que as crianças internadas tenham momentos de lazer que podem auxiliar na melhoria do bem estar e, consequentemente, na recuperação, tais como festas de aniversário, saída ao shopping para ir ao cinema, comer pipoca ou um lanche, “uma riqueza de passeio e relação social que sem essa aquisição não poderíamos ofertar”, ressalta Valéria Melli. Outra parte é usada na compra de materiais escolares, como cadernos, giz de cera, cola, massa de modelar, para que a criança não perca o vínculo escolar e possa desenvolver atividades rotineiras das salas de aula.
A pedagoga explica que essas ações realizadas na ala pediátrica do Hospital Júlio Muller hoje se transformaram em um projeto de extensão da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que é apresentado fora do Estado e se transformou em referência em atendimento escolar hospitalar para recuperação da saúde.
Ano passado, a coordenação do NQVT do TCE-MT observou também a necessidade de reverter os recursos arrecadados durante pelo menos um dos três bazares anuais, para os servidores da instituição, que por algum motivo estivessem enfrentando dificuldades. Nesse novo formato, a instituição pôde oferecer apoio à auxiliar de limpeza Lorena Joseph, que veio do Haiti para o Brasil em busca de um vida melhor, mas deixou a filha no país de origem, aos cuidados do pai. O dinheiro está sendo usado para buscar a criança.
No primeiro Bazar do Bem de 2018, duas funcionárias da limpeza do Tribunal de Contas receberam os donativos arrecadados com o evento. E a novidade é que as duas mulheres foram escolhidas pelos próprios colegas, pois entenderam que elas estavam mais necessitadas.
Quem tiver interesse em doar roupas, sapatos, acessórios, itens de cama, mesa e/ou eletrodomésticos para a realização do Bazar do Bem 2018 pode procurar o Tribunal de Contas. A caixa coletora está na entrada do Tribunal e não é preciso nem descer do carro. O bazar também ocorre nas dependências do Tribunal, mas a sala em que será realizado ainda está sendo definida, para facilitar o acesso do público externo. Assim que for confirmado o local haverá divulgação.
  Morreu nesta sexta-feira (19) a diretora da EMEB Liberdade, Profª. Marilei Luiza




| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui