Assembleia Legislativa sedia exposição sobre momentos políticos de Dante de Oliveira
A mostra, que fica logo no saguão de entrada da Casa de Leis, faz uma homenagem ao reunir dezenas de imagens de Dante durante o período em que foi deputado federal, ministro e governador de MT
Publicado em 09/07/2018 às 09:04 | REDAÇÃO
+ -





A Assembleia Legislativa de Mato Grosso abriu na manhã desta quinta-feira (5), a 1ª exposição de fotos e objetos do ex-governador de Mato Grosso, Dante Martins de Oliveira, e segue até o dia 12 de julho, próxima quinta-feira.

A abertura foi feita pelo deputado estadual Wilson Santos (PSDB), idealizador do evento, e que também concede a comenda Dante de Oliveira na noite dessa quinta-feira, no Plenário das Deliberações Renê Barbour, a 12 personalidades públicas.

A mostra, que fica no saguão de entrada da Casa de Leis, faz uma homenagem ao reunir dezenas de imagens de Dante de Oliveira durante o período em que foi deputado federal e apresentou a emenda das “Diretas Já”, ministro e governador de Mato Grosso. A exposição fotográfica retrata momentos importantes do tucano no cenário da política nacional.

O deputado Wilson Santos enalteceu os trabalhos realizados por Dante em Mato Grosso e no país.

“Um estadista. Um homem que sempre esteve à frente do seu tempo. Infelizmente, morreu precocemente aos 54 anos. Um líder nato que faz falta em nossa política”, relatou.

Leia:  Temer deixará legado de obras e projetos, diz ministro das Cidades

Dante de Oliveira era graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e ingressou na vida política se filiando ao MDB. Quando voltou a Mato Grosso, disputou sua primeira eleição a vereador por Cuiabá em 1976. Dante, no entanto, foi eleito dois anos mais tarde, a deputado estadual. Em 1982, já no PMDB, foi deputado federal, apresentando no ano seguinte as emendas Diretas Já.

Pelo PDT, Dante foi prefeito de Cuiabá por duas oportunidades (1986-1989/1993-1994). O último partido de Dante foi o PSDB, quando governou Mato Grosso por quase dois mandatos (1995-2002). Dante faleceu em 2006, vítima de pneumonia, agravado pelo diabetes.

Dante Martins de Oliveira, nascido em 1952, em Cuiabá, filho do advogado e ex-deputado estadual Sebastião de Oliveira, o doutor Paraná, que nasceu em Santo Antônio de Leverger, e da poconeana Maria Benedita Martins de Oliveira, ficou nacionalmente conhecido por apresentar a Emenda Constitucional, em 1983, propondo o restabelecimento das eleições diretas para presidente da República.

Leia:  Temer embarca para Nova York, Toffoli assume presidência interinamente

Dante de Oliveira foi governador de Mato Grosso por dois mandatos, de 1995 a 2002. Em 6 de julho de 2006 morreu em um hospital particular de Cuiabá, aos 54 anos.






Deixe um comentário

avatar
   
Notificar