Mais de 22% das famílias de MT pretendem comprar produtos relacionados à Copa, diz pesquisa

Produtos mais procurados devem ser itens de vestuário masculino, feminino e infantil, seguidos de alimentos e bebidas, TVs, celulares e eletroeletrônicos.

0

Uma pesquisa aponta que 22,7% das famílias de Mato Grosso pretendem comprar produtos relacionados à Copa do Mundo durante o período dos jogos, que começam nesta quinta-feira (14). A pesquisa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e foi divulgada nesta quarta-feira (13) Federação do Comércio de Mato Grosso (Fecomércio).

Segundo a Fecomércio, a percentual é menor que a média nacional, de 24%.


Os produtos mais procurados devem ser itens de vestuário masculino, feminino e infantil, seguidos de alimentos e bebidas; TVs e celulares e eletroeletrônicos. A maior parte dos consumidores (87,1%) tem preferência em comprar produtos em lojas físicas, enquanto que 12,9% devem consumir pela internet.

As famílias com renda mensal acima de 10 salários mínimos devem consumir mais. O consumo em desse grupo deve ser de 30,5%. Já as famílias que recebem até 10 salários mínimos preveem gastar 21,9%.

O índice geral da pesquisa para Mato Grosso mostra que, dentre os 22,7% que declararam a intenção de comprar mais durante a Copa, 40,4% disseram que pretendem gastar mais de R$ 300. Já 28,9% declararam intenções de consumir de R$ 101 a R$ 200 e 20,8% afirmaram gastar no máximo R$ 100. Quanto ao pagamento, 52,9% das famílias pretendem comprar à vista e 47,1% a prazo.

  Setasc realiza II Simpósio de Gênero e Feminismos em Cuiabá

Segundo a CNC, a intenção de consumo das famílias brasileiras para a Copa deste ano caiu pela metade, se comparado com a Copa do Mundo realizado em 2014 no Brasil. Naquele ano, mais da metade (50,1%) das famílias estavam propensas ao consumo de produtos relacionados ao mundial, e agora, o número chega a 24%.


| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui