Nossa Cidade, Nossa Casa
Apresentação do projeto “Nossa Cidade, Nossa Casa” emociona pais e professores de Lucas do Rio Verde
O projeto “Nossa Cidade, Nossa Casa” tem como objetivo aguçar a curiosidade nas crianças em desvendar como surgiu Lucas do Rio Verde
Publicado em 13/06/2018 às 11:11 | Ascom Prefeitura/Francieli Cela
+ -



Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes
Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique Fernandes

 

Neste ano, Lucas do Rio Verde comemora 30 anos de emancipação, para conhecer um pouco mais desta história, os professores Jose Marcos Souza e Francisco Ribeiro da Escola Municipal Caminho para o Futuro estão desenvolvendo um projeto com os alunos do 3º e 4º ano.

O projeto “Nossa Cidade, Nossa Casa” tem como objetivo aguçar a curiosidade nas crianças em desvendar como surgiu Lucas do Rio Verde. Com produção de música, poemas, fábulas, palestras com pioneiros e passeios, os estudantes aprenderam um pouco da história da cidade.

Parte deste trabalho foi apresentada nesta terça-feira (12), no auditório da prefeitura, para professores, pais e familiares. As crianças contaram histórias, declamaram poemas e cantaram uma música produzida pelos professores e alunos especialmente para o aniversário da cidade.

O professor Francisco destacou que o projeto surgiu da necessidade de contar a história da cidade de uma maneira diferente. “A ideia surgiu dos próprios alunos, foi construída em conjunto e eles foram protagonistas em cada processo”.

Leia:  Imigrantes estrangeiros externam preconceito sofrido por eles em cartazes na UFMT: 'Muitos brasileiros são racistas'

De acordo com o professor José Marcos, já foram realizadas várias atividades e ainda estão previstas outras ações dentro do projeto. “Lemos textos, construímos contos, poemas e uma música em homenagem à cidade. A canção foi elaborada com ideias e rimas que surgiram nos poemas e o resultado foi muito bom”.

O estudante Haniel Savaris contou que o projeto é muito legal e aprenderam muitas coisas sobre a cidade. “Fizemos poemas, música, conhecemos a cidade de ônibus, o professor trazia o violão toda sexta-feira para nós ensaiarmos e produzirmos a música junto com ele até ficar pronta, foi muito divertido”.

Para a secretária de Educação, Cleusa De Marco, o desenvolvimento de projetos educativos é incentivado pela secretaria, tendo em vista os benefícios que eles trazem para o aprendizado das crianças. “A Educação busca e investe no desenvolvimento de projetos educativos nas escolas, especialmente os projetos que envolvem a comunidade, que ampliam o conhecimento das crianças, o compromisso e a responsabilidade com a cidade, que buscam o sentimento de pertencimento e amor ao lugar onde elas vivem. E este projeto em que a história viva está sendo contada, com pessoas que chegaram no início de Lucas do Rio Verde, relatando como era a vida naquela época é muito enriquecedor para as crianças”.

Leia:  Idoso perde controle de veículo e invade casa em MT





Deixe um comentário

avatar
   
Notificar